25 janeiro 2010

Pedra do Leme

Tem horas que dá até pena de largar o blog assim, meio que abandonado. Mas vir e dizer o que?
Que está se armando um temporal em Ipanema, daqueles de desabar favela, e que eu nem sei de que jeito vou conseguir voltar pra casa?
Que tenho tido tantos problemas, que estou sem nenhum humor pra gracinhas e por isso prefiro não vir chorar pitangas aqui?
Que existe alguém que é como uma bateria de energia emocional pra mim, que me ilumina internamente e isso me dá forças pra continuar.
A Marina W já disse que amar é inventar alguém pra si. Ela está certa.
Ainda bem que tenho essa força de imaginação. Pra poder inventar a vida, inventando você. E só assim, consigo me reinventar.

Fotos - Jôka P.


16 comentários:

Fipo disse...

Transforma-se o amador na cousa amada,
por virtude do muito imaginar;
não tenho logo mais que desejar,
pois em mim tenho a parte desejada.

(Camões)

ana de toledo disse...

(suspiros)

Márcia(clarinha) disse...

Ai,ai,ai, JÔka, imaginemos querido.
beijos e carinho procê e Gigi

Milady disse...

Imaginação, sonho, poder!!!

E vamos nós Jôka!!!

Beijão!!!

Ritoca disse...

Oi Jôka!

Como diz aquela velha música da Fernanda Abreu, "a vida nem sempre é boa". Mas, o que eu queria dizer é, Num abandona o Avenida não!!!!

Bjs!

Dani disse...

Jôka,
acho que também andei "inventando" alguém.
Se quiser chorar as pitangas no blog, pode chorar, que o blog é seu. Se quiser chorar no meu, também pode. Eu choro as minhas através de metáforas... rs

Beijão!

Anônimo disse...

Oi Jôka,
Você sempre tem muito a dizer, mesmo quando não diz nada...
Largar nunca, nem pensar...
Inventar você nem precisa, morando num lugar maravilhoso e com a sua vida interessante (trabalho, amigos virtuais e reais, família,etc...)
Continuar sempre, com postagens mais ou menos interessantes, mas não pare, continue...
Não podemos ficar sem a ¨Avenida Copacabana¨.
Prossiga, com imaginação, determinação, com problemas ou não...mas prossiga.
Com carinho
Suely

Raffer disse...

eu acho que o Avenida já tem vida própria. com ou sem novos posts.

a falta deles não deixa de ser uma mensagem pra gente.

sempre atual.

Diz disse...

Fico feliz por ter participado desta sua reinvenção.
Esta sua invenção é mt linda mm, dá p ver ai pelo comentário, eu estaria arriada, sabia? te entendo.
Sorte, qtdo,bjão, Elianne

Tertúlias... disse...

Eu estava assim desde domingo... vontade de largar tudo e até apagar tudo... cheguei a apagar uma postagem e os comentários agressivos que recebi por ela... mas nao, hoje acordei e disse: isto é o que esta pessoa quer. Eu vou mesmo é contnuar - e nunca mais apagar comentário de ninguém! É bom que os outros leiam como as pessoas sao, né? beijo, "nego"
Ricardo

Cláudia disse...

Ah....

Esquece a tempestade, olha pra outro lado.


beijos

Angela Ursa disse...

Jôka, eu também tenho postado menos, não por falta de vontade, mas dificuldade de organizar meu tempo. Você e o Avenida moram no meu coração carioca. Beijos e carinho da Ursa :))

Luma Rosa disse...

Não sabia o que dizer, mas disse tudo! O blogue acaba sendo um escape para os nossos problemas do dia a dia - todos têm e estranho quem parece estar continuamente em estado cor de rosa - eu prefiro ser blue! E você estando sensível, nos sensibiliza - gosto quando demonstra esse outro lado seu. Bom fim de semana! Beijus,

Scorpys disse...

Ora meu querido,fique a vontade pra dizer o que vier a sua cabeça,estamos aqui pra te ouvir e ler,so não desapareça.Tenha uma semana deliciosa,
bejssssssssssss

Linda Carioca disse...

Saudades, Jôka, volta ! Enquanto isso te sigo no twitter. Beijôkas !

Phophina disse...

Amoreco, se ninguém disse isso ainda, eu direi: você é o máximo! Adoro suas fotos e sua sinceridade! Fiquei séculos sem vir aqui, por diferentes motivos. Continuo sendo sua fiel seguidora, tá? Beijocas, Phophina