16 agosto 2005

Copacabana, em casa

Copacabana quase não tem mais casas.
É praticamente um paredão de prédios espremido entre o mar e as montanhas.
No entanto, alguns teimosos ainda mantém as suas casas, o que nos permite lembrar um pouco a Copacabana bucólica de antigamente.



Esta casa linda em estilo normando, por exemplo, fica numa das avenidas mais poluídas de Copacabana, a Av. Barata Ribeiro. E tem no jardim da frente, muitas plantas resistentes.

Mais uma casinha esquecida no meio dos prédios de Copacabana. Ela fica na Rua Barata Ribeiro, no Posto 5, perto da Rua Santa Clara. A árvore do jardim está florida.


Escola Municipal Dr. Cícero Penna, na Avenida Atlântica.
Este é um dos muitos luxos desse bairro maravilhoso.

Uma escola pública localizada num dos metros quadrados mais caros do mundo, de frente para o Oceano Atlântico.

Este é o Quartel do Corpo de Bombeiros que fica na Rua Xavier da Silveira, em Copacabana.

A casa de pedra, na Avenida Atlântica, esquina com a Rua Santa Clara.

Uma das ultimas casas da praia de Copacabana, aparentemente está fechada. Os muros estão cobertos de grafitis, mas a casa está bem conservada. Há anos atrás, foi reproduzida fielmente no Projac, e serviu de cenário para a novela "O Outro".

22 comentários:

Diana disse...

BOM DIA LORD.....

PREDIOS PARECEM DESUMANOS...
CASA DÃO UM TOQUE DE ''CORAÇÃO''....
É TÃO PASSAR LOGO CEDO POR AQUI LORDIM.....
BJS.....

Lila disse...

Bom dia Jôka! até quando essas casas irão resistir? Essa primeira é linda,a outra também e a de pedra então! adoraria morar em qualquer uma delas...rs..beijo e ótima terça pra vc.

enigmatica disse...

Olá.Linda terça-feira pra ti!!!
Muito prazer em conhecer Av.Copacabana atualmente...Muito linda..Que bom que ainda conservam suas casas,são mais aconchegantes,e estão mais perto de nossos corações!!!
Valeu pelo seu post!!!
Bjão/.

Palpiteira disse...

Tou adorando conhecer Copacabana através do seu olhar azul. :D

Mas, Louro Jôka, preciso de uma mãe de santo pra tirar aquele encosto de lá. Aí não tem?

Beijos. Lindo dia.

Fred disse...

A garganta fica apertada.
De saudades.
Abraços
fred

Márcia(clarinha) disse...

delicia ver q essas casas resistem ao apelo imobiliário,que o valor sentimental ainda vence, são jóias raras no meio da selva de pedra...
Copacabana não me engana,rss,é linda!!
boa semana
beijossssssssss

Mônica disse...

a casa de Copa que mais me recordo era aquela na Atlântica esquina com a Djalama Ulrich, onde hoje fica um restaurante ( q esqueci o nome ) a Help....mas essas que vc fotografou resistirão até quando???

Wilton disse...

Boa Tarde Jôka!
Aproveitei hoje para caminhar nesta Avenida. Um passeio muito agradável. Aplaudo sua iniciativa de registrar estes patrimônios de Copa.Sem dúvida, é um olhar para a história e para a paisagem urbana. Sua sensibilidade é o foco para as suas lentes. Um grande abraço!

Lu OlhosdeMar disse...

Ai, nem fala.... AMO casa antigas. estas, das fotos, sempre me chamam a atenção qdo vou a Copa. Beijos!!!

Lena disse...

A primeira casa é linda, queria morar em uma casa daquelas.
Menino, hj estou meio de "farol baixo", acho que é a TPM... Passei só para ver se me alegro mais um pouco. Bjo!

Ana Maria disse...

Jôka, adorei o post. Muito criativo. Vc devia ser jornalista, sabia? Melhor dizendo, fotojornalista. :-)

Angela Ursa disse...

Jôka, a casa da Santa Clara fica pertinho de onde minha mãe mora! Essas casas são tão lindas. Ainda bem que resistiram à derrubada das imobiliárias. Sabia que, quando eu era pequena, estudei no Cícero Pena na época em que o Colégio ainda era um Jardim de Infância? O prédio antigo tinha uma faixada toda de gesso. Depois foi totalmente reformado para virar o Colégio. Beijos!

Angela Ursa disse...

Jôka, desculpe o erro de digitação na minha mensagem anterior.
Errata: Onde se lê "faixada" (cruzes!!!) substituir por "fachada" (risos)
Beijos da Dona Ursa estabanada no teclado!

Claudio disse...

Lindas fotos. Para quem não conhece Copa já vontade de conhecer. Para nós que conhecemos, dá vontade de visitar sempre.

abs

Ana D disse...

Ahhhhhhhhhhhh Jôka me realaizei aui hj..Reconeço tudo isso...O Rio é lindo e Copa nem fala :) Meu sonho era morra num casarao desse :) beijosssssssss Amei :)

valentina disse...

adorei o passeio que vc me proporcionou neste post, amanhã eu volto, bjs

Priscila disse...

Jôka? You're an artist...in fact!
Amei as fotos!
Muito criativo!
Abraços.

Liliane disse...

Jôka as casas são lindas mas prefiro meu apto. Menos inseguro. Imagino o que seja viver, com tantas janelas pra ladrão entrar.
As casas são lindas mesmo.
Leonardo parece que vai recuperar a visão. Imagina que sorte a dele e a minha.
Liliane

Jôka P. disse...

Lady Diana,
Lila Bem Família,
Enigmática amiga,
Palpiteira Claudia,
Fred Cidadão brasileiro,
Marcia Clarinha,
Mônica,
Wilton Chaves,
Luciana olhos de mar,
Lena do Estranho Mundo,
Ana Maria,
Angela Ursa,
Claudio JCF,
Ana d.,
Valentina,
Priscila Hopes&Fears,
Liliane Paulamar,
muuuuuuuito obrigado por me visitarem nessa Avenida,
que é feita para vocês.
:o)
JÔKA P.

Lia Noronha disse...

Jôka:os espigões tomaram conta de tudo.Que pena...o Rio de antigamente era perfeito!
As casas deram lugares aos prédios sem
nenhuma característica humana.Tudo se artificializou...e as sombras nas ruas de Copa são o que de mais triste eu vejo.
Os antigos já diziam:__Onde o sol não vai...a doença chega.
Beijos carinhosos.

Jôka P. disse...

Lia,
a minha vó sempre dizia assim :
"Em casa que entra sol, não entra médico !"
É mais ou menos a mesma coisa, né ?
Bjs,
JÔKA
:o)

Ivo Korytowski disse...

Esta casinha esquecida na Barata Ribeiro pertinho da minha rua (Santa Clara) tem toda a cara de que vai ser demolida. Outro dia passando pela Francisco Otaviano vi que duas casas acabaram de ser demolidas, uma delas bonitinha, em estilo art nouveau, que você pode ver em https://picasaweb.google.com/116512154409646075610/CasasEmCopacabana#5503299210154995250