11 outubro 2007

Amor e restos humanos

Às vezes tenho vontade de abandonar o blog – isso deve acontecer com a maioria dos blogueiros.
Se eu ganhasse um dollar pra cada vez em que pensei sériamente em parar com essa história, já poderia comprar uma passagem Rio-Paris, allée-retour – de classe econômica, bien sur.
Pra que isso aqui preste, a gente tem que atualizar regularmente e, muitas vezes eu não tenho muito saco. Mas me esforço, tanto que estou aqui.
Pelas mensagens que recebo, parece que algumas pessoas gostam daqui. Outras nem tanto – essas ficam na moita, quietinhas. De vez em quando, dão um bote maligno e me chamam de preconceituoso, de esnobe e até de coisas piores.
Eu, preconceituoso ?! É merrrrmo ?! Sério ?!
Como diria o Kiko: “Gentalha, gentalha, gentalha !” ;)

Compro pouquíssima roupa. Não é que eu não goste, só não ligo muito. Já liguei, mas com o tempo a gente vai colocando os nossos valores em lugares diferentes.
Se tivesse que ter apenas uma meia dúzia de coisas no guarda-roupa (céus, felizmente não é o caso !), seriam uma ou duas calças Levis five pockets, algumas Herings pretas e brancas, tênis pretos de qualquer marca vagabunda e uma jaqueta de couro.
Mas juro que não sou um bad-boy – sou um gentleman, embora existam controvérsias.
As aparências enganam.

Gosto de gente esquisita, sombria, meio dark.
Pessoas que sofreram sempre têm muito mais charme do que alguém super feliz.
Alguém que já sofreu algo na vida é muito mais atraente.
Detesto gente superficial, bobalhona, fofa, boazinha, alegrinha, engraçadinha, risonha, quáquáquá, que sai rindo a toa, de tudo. Pior ainda se tiver um riso quadrado. Essas são as piores.
Pessoas com sorrisos quadrados não são confiáveis.


Quadros de Terry Rodgers


Não ganho nenhum centavo blogando, mas não há dinheiro que pague a alegria que tenho em dividir um pouco da minha vida com vocês.
Será que já estou me expondo demais ?
Não é todo dia que estou disposto a mostrar aqui coisas assim, tão pessoais.
Então aproveitem bem essa promoção, que vai acabar.

41 comentários:

Angela Ursa disse...

Jôka, essas pessoas que vêm visitar seu blog e te criticar, deviam procurar outro tipo de blog. Elas não são obrigada a vir aqui, não é?
PS: Adorei esses quadros. As figuras e as cores estão lindas!
Beijos da Ursa

Gená Franco disse...

Jôka,
nunca abandone seus amigos e seu blog. Você fica às vezes sem saco para o blog, mas acaba mandando bem. E se não falasse, nem percebia que está assim.
É sempre um prazer te visitar.
Beijos!

anlene gomes de souza disse...

Jôka, vamos parar com esta super-exposição, porfa! Jamais pensei que isso aqui fosse virar um diarinho, pó pará! Na "sumana" que vem estou na área e me hospedo aí na tua vizinhança. Quer tomar um cafezinho comigo misifio? besito

Ella disse...

Eu amo seu blog, nem pense em parar!!!!
Beijo beijo beijo!

mr. cat disse...

Jôka, estou sempre aqui, adoro tudo, tudo, tudo! Também uso jeans, t-shirts hering e jaqueta de couro, será que somos almas gêmeas? E não me diga para "aproveitar" que eu aproveito mesmo, heim!

Ana D disse...

1) MUuuuito legais os quadros...Parecem fotos do mundo do cinema de Los Angeles rsrsrs...Muita "festa" (no sentido de "trocas" rsrs), alcool, sexo e o q mais pintar...
2)Então quer dizer q vc também gosta da melancolia, gente "gauche" ? Me fascina gente assim também..rs
3)Você não se expos em excesso, apenas falou um pouco de si...A gente gosta de saber sobre os blogueiros amigos...Em dose certa, sem pender pra fofocagem rsrs....
Abraço ! Ótimo FDS !
Ahh e sobre parar, eu ja parei e voltei...novo fôlego e recomeço...Foi legal !

Sérgio disse...

Oi Joka
Eu sempre tive essa duvida.Devo ou nao me expor no blog ? Claro que nao nos colocamos por inteiro na Net, mas é sempre um pouco de nós que aparece por lá.Eu me propus ter o blog como um desabafo, portanto sou obrigado a me expor mesmo.
Nao desista nao.
Grande abraço

Silvia disse...

Jôka, adorei muito isso q vc falou: Pessoas que sofreram sempre têm muito mais charme do que alguém super feliz.
Acho que isso tem a ver com compreender a alma humana. Tb penso assim. Só não concordo com a parte de detestar as outras pessoas falsamente felizes, porque elas tb, no fundo, no fundo, sofrem até mais do que aquelas com ar blasé, que pelo menos não gastam energia disfarçando.

Maria Bonita/mulher de lampião disse...

Oi jôka!
Nem pense em parar com seu blog porque gosto e tenho certeza absoluta que você é uma pessoa muito especial além de ser também inteligentíssimo e divertidíssimo.
Tudo vale a pena se a alma não é pequena e a sua é grande e belíssima, por isso os incomodados de plantão, pense nisso.
Adorei..."não há dinheiro que pague a alegria que tenho em dividir um pouco da minha vida com vocês".
Não tenho por hábito postar comentários mas te visito sempre e adoro.
Beijos e felicidades para você e seus amigos.

ana de toledo disse...

Oba! Vim aproveitar a promoção desse moço minimalista mais chic e classudo do mundo!!!

Sweet disse...

Jôka, num futuro próximo um acadêmico vai sugerir uma tese sobre os blogs. Somos um expermento, gente, pense nisso, kkkkkk!
Eu, como boa nordestina, acho q é exposição sempre é demais, mas fazer o quê. A gente é gente.

Agora a pergunta q num quer calar (sorry). O Mário Jorge gosta de foto dele aqui? Gente "pubrica" né...

Bjs!

Sraake disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sraake disse...

Eu já pensei também várias vezes em abandonar meu blog. Mas sempre sinto aquela vontade de voltar a blogar novamente. Seu blog é maravilhoso, informativo, poético, alegre, triste, irônico, sagaz, crítico, mas acima de tudo especial. Quem te critica esquece que opnião é um direito de todos. Beijôkas!

elaine t disse...

muito boa essa parte:

"Pessoas que sofreram sempre têm muito mais charme do que alguém super feliz.
Alguém que já sofreu algo na vida é muito mais atraente."

lembrou aquela passagem do "perdas e danos": "damaged people are dangerous; they know they will survive"...

não sei se fiz sentido... rs...

beijo de uma ilustre desconhecida

DO disse...

Acaba não,JÔKA. VC tem algo que deve ser muito apreciado: é autêntico,sincero e não tem papas na língua.
Prefiro pessoas assim do que aquelas tais que vc não pode dar as costas.
Abração e um otimo feriado.

Sonia disse...

Nem pense em abandonar o blog! Não é sempre que deixo um comentário, mas logo que o Bloglines me avisa que você atualizou, eu estou aqui! O Avenida Copacabana faz parte dos meus preferidos! Acho que você coloca coisas pessoais na medida certa, ou seja, lendo o seu blog eu consigo conhecer um pouco de você. Gosto muito também quando você fotografa Copacabana e faz essas deliciosas reportagens!

Não conhecia o Terry Rodgers. Achei bem interessante os quadros e fui visitar o site dele.

Um ótimo final de semana!

Jôka P. disse...

Angela Ursa-Sentada, Gená Franco- a socialite das blogueiras, Anlene de Madrid, Ella-sempre aqui comigo, Mr. Cat (miau!), Ana D., Sergio-amigão, Silvia, Maria Bonita/mulher de Lampião, Ana CopacabANA de Toledo, Sweet-Maio 86, comentário "excluído" pelo(a) autor(a), Alessandra Raake, Elaine T.-darling, Do Ramsés XXI, Sonia Leaves of Grass... e os amigos silenciosos !
São suas visitas e as mensagens de carinho que me dão a maior força ! Êba ! Valeu !
Um beijo e um abraço pra vocês !
:)

Luciane disse...

Jôka, eu também tenho essa queda por pessoas malditas. Acho que até os comentários toscos e meio mau humorados têm seu charme, principalmente quando estao completamente enganados.
Bacanas esses quadros.
Beijo

lucas disse...

o meu blog já é bem diferente. claro que reflete um pouco sobre mim, baseado nas coisas que escolho comentar lá, mas não escrevo diratamente sobre minha vida.

acho muito legal esse propósito que te move a escrever aqui. compartilhar coisas bem pessoais com um bando de estranhos. é isso que me faz vir aqui todo dia e ver se tem atualização.

e só de curioso, de quem são essas ilustrações? achei muito legais.

bom dia das crianças, bom feriado. lucas

Jôka P. disse...

Lucas,
as ilustrações desse post são do artista Terry Rodgers, que é um pintor conhecido internacionalmente por suas telas realistas que retratam, entre outras coisas, a beleza, a sexualidade e a solidão da sociedade contemporânea.
Suas obras podem ser vistas nos sites:

http://www.terryrodgers.com/paintings/

http://art.webesteem.pl/12/rodgers_en.php

http://www.nicolavonsenger.com/e_terry.rodgers/index.htm

Abç!

Saramar disse...

Jôka, saudades!

Às vezes, o blog dá um certo cansaço mesmo, deixa de ser divertido.
Estou na fase inicial da vontade de abandonar todos os meus quatro (??!!) blogs. Afinal, tenho que trabalhar e ando cansada.

Perdoe, por favor, o que vou dizer, mas o seu caso é diferente.

Você é um ícone da blogosfera. É ícone por variados motivos: cáustica elegância, olho clínico, inteligência, texto impecável e, mesmo que não queira demonstrar (nem imagino porque), uma sensibilidade que salta aos olhos assim que se abre sua página, entre outras coisas boas semelhantes.

Para mim, porém, sua principal qualidade, que me traz sempre aqui, é a autenticidade.

Eu sei que esta palavra anda muito gasta, mas ainda há pessoas que a praticam em sua essência. Você, por exemplo.

Por isso, quando pensar em se afastar do blog, lembre-se que há centenas de pessoas de cá que esperam por você todos os dias (perdão, a culpa é sua).

beijos

Saramar disse...

Voltei para reafirmar tudo que disse e para dizer, em relação ao outro blog: resistir que há de?
Menos ainda os artistas.

beijos, adoro você.

Polly disse...

Jôka!!!!!!! não acaba não!!! seu blog é uma cachaça menino e eu tô viciada!!!
eu me divirto muito aqui, MORRO de rir de vc, adoro o jeito que vc escreve, adoro seu jeito crítico:)

Gente estranha, freak, oprimida me atrai demais também. E já me disseram que meu sobre nome devia ser "bizarro", acho que eu tenho alma freak, rs... se você soubesse o que eu sei...rs...

Quando acabar a promoção aí, lance outra coleção!! pleaaaase!!

eduardo disse...

Eu já quis deletar os meus blogs, mas sou muito exbicionista. Gosto de vim aqui, porque vejo humor inteligente e dicas de arte.

celinha baleia disse...

Continue aqui, Jôka! Se você acabar com o blog vou ficar deprimida e comer compulsivamente até estourar. Pense bem!

Angela Ursa disse...

Jôka, vim fazer uma visita à sua Copacabana nesta madrugada quente de primavera e pegar uma brisa no calçadão. Beijos carinhosos da Ursa :))

palpiteira disse...

Eu não tenho mais as imagens, pq quando formatei o pc, achando que tudo estava salvo na outra máquina, num processo de passar daqui pra lá, via rede, perdi tudo, todo os arquivos, fotos e tudo. Se ainda tiver, quero, obrigada.
Eu sempre penso em parar de blogar, sempre. Engraçado que. quando eu parei, não pensava no mesmo tanto em voltar. Enfim. 'Tamo' na área.
Eu gosto daqui, do seu espaço, do seu jeito azedo, fino, inteligente e engraçado de ser. :)
Eu não gosto de me expor no blog. Vc acha que eu me exponho? Quando exponho nunca sou eu, ou sou, mas numa parcela tão pequena.
Ah, vc me ama, Louro, pq eu sofro tanto, mas tanto e é algo crônico, mas mesmo assim eu sorrio, ao quadrado. ;)

Mônica disse...

eu sempre penso em parar de blogar....mas passa....

gente estilo Polliana?????????? ui...não aturo meRRRRRRRRRRRmo!


e viva a hering, o têni surrado e a jaqueta meia-boca....

Leleco disse...

Jôka,

Às vezes deixo meu Blog paradão. Estava resolvendo uns problemas na saúde, mas agora estou legal.

Mas esse desejo de parar de Blogar dá e passa.

Só espero que o Avenida Copacabana não pare nunca, pois é um Blog indispensável para minha leitura diária.

Um abração,
Leleco

Alziro Patafisico disse...

Adorei o post, bom ver você se expondo vez em quando. O título é maravilhoso. E eu também amo gente estranha, esquisita.

Engraçadinha disse...

Acabar nem pensar!
Porque não há prazer maior do q expôr suas idéias, sem se preocupar com a porra toda.
Antes de tudo, o blog é de quem escreve.

Bjs.

Hanny Meire disse...

Olá, Jôka, estou aqui, com as mãos doloridas de tanto fazer fichamento e trabalhos para a faculdade, mas resolvi fazer um esforço para te deixar mais feliz !

Não deixa seu blog de mão, eu adoro lê-lo ! Você é uma das poucas pessoas que passa tudo aquilo que pensa e sente, de maneira sincera, e eu te admiro muito por isso Vivemos em uma época em que a hipocrisia impera (politicamente correto ; ECA !), e pessoas como você fazem toda a diferença !

E dai se você é preconceituoso ? E quem não é ? Todos somos, isso é inegável ! E temos direito a ter nossos preconceitos ( eu, na verdade, nem digo "preconceito", digo "pós conceito", pois só podemos falar e criticar aquilo que conhecemos, não ?)

Se alguém não curte o seu blog, que saia ! Bom, mas quanto ao post:

Achei os quadros lindos!

As aparências enganam MESMO !

Também gosto de gente dark ! Ah, também já tive meus sofrimentos, mas não vivo com cara amarrada nem infeliz!

BJS !

Ricardo Mantler disse...

infelizmente para você, meu caro, muitas pessoas ficariam órfãs com o final deste blog.
eu me incluo.
eu posso me dar ao luxo de sumir, ficar doente e ser esquecido. você nasceu pra brilhar.
e as imagens destes quadros foram algumas das melhores que já vi por aqui.
sinto que começo a melhorar de saúde.
grande abraço.

Dani disse...

Oi, Jôka!

Às vezes o blog enjoa, parece obrigação escrever qualquer coisa. Felizmente não é sempre assim, e a gente acaba desistindo de desistir... rs

No quesito exposição, isso vai de cada um, da forma como cada blogueiro sente o seu próprio terreno virtual.

Ahhh... lindas essas imagens!!! :-)

Beijos, louro.

Milady disse...

Jôka, eu sou uma das que adora esse espaço! Seu humor ácido que para uns pode parecer preconceituoso é uma delícia de ler... e de mais a mais, o blog é seu e vc escreve o que quiser... Quem não gostar vá ler diarinhos que nem o meu... E escolha do que ler não falta... Seu estilo é único e não troco por nada nesse mundo! :-)

beijão

Cristiano disse...

Jôka,
Não faz isso !!!
Adoro este blog... amo de paixão... fico entrando sempre para ver se tem atualização...
Não faz isso... senão tenho um enfarte...rs
Um abraço grande
Cristiano

Avassaladora disse...

Às vezes eu acho que o comentário número 12.345.677 você não lê, mas vou deixá-lo assim mesmo.
Adorei as ilustrações, são suas??? Como já disse mil vezes, o blog é terapeutico, se alguém lê é consequência...só...
E dá sim, pra fazer bons amigos através dele, né, querido!!!
Beijos,

Jôka P. disse...

Flavinha Avassaladora,
leio TODOS os comentários do blog, do primeirão ao de nº 12.345.677 !
E cada um é super especial e sempre muito bem-vindo !
Beijos e obrigado pela visita !

Tina disse...

Oi Jôkuerido!

Nem pensar, estamos combinados?

Você é lindo por dentro e por fora e seu humor faz falta. Essas fotos estão lindíssimas, parabéns!

Ah! perdi essa parada no Rio dia 14, mas foi por uma boa causa: estava em Paris mon´amour...

beijos, beijos,

Anunciação disse...

Atrevo-me a dizer,como visitante esporádica mas admiradora sincera:Não ouse!O ou a palhaça que não gostar que se mude,vá olhar outra coisa,ninguém é obrigado a nada.Expondo-se ou não,você é quem resolve,ora;o blog não é seu?A gente que gosta e vem é pq gosta de você do jeito que é e do jeito que faz seu blog.Um beijo.

Alberto Pereira Jr. disse...

realmente "blogar" é uma atividade que despende tempo, vontade e não é rentável.. mas eu adoroo.. e me dá certa agonia qdo a falta de tempo (e por que não de criatividade) me impede de postar ou visitar os blogs amigos..

a exposição que o "diário virtual" causa é uma ferramenta que sabendo administrar é bastante interessante..

e sempre via ter gente criticando.. ou se julgando superior.. é a vida.. felizmente o mundo tem seres humanos bastantes diversos.. uns dispensáveis.. mas não vou fazer apologia ao extermínio de gente chata né?.. heheheh


ps: adoreiii as imagens do post!
lindas e sensuais.. da onde são?

beijao