26 outubro 2007

After dark

Fico olhando as suas fotos e sinto saudade.
Prefiro não pensar no ano que termina antes de ter entendido o começo.
Nem ficar lembrando os anos que meu corpo acumula - eu sei que já envelheci antes do tempo. E que vou ser esquecido.
Mas ainda estou aqui.
Não quero pensar em alguém que precisou me deixar sozinho.
Porque nós não tivemos escolha e nem alternativa.

É sempre ruim ver alguém pela última vez.
A gente ficou se despedindo tanto tempo e na verdade nunca disse adeus.
Talvez seja por isso que você ainda vem me ver.
É por isso que você ainda vem todas as noites.
É por isso que você está sempre comigo.
E vem me visitar e dizer que me ama, todas as noites, todas as noites, todas as noites, todas as noites, todas as noites, todas as noites nos meus sonhos.


27 comentários:

Angela Ursa disse...

Jôka, desejo que o seu sonho possa se tornar real. Beijos da amiga Angela Ursa

lucas disse...

Sentir saudade é ruim, né. É incômodo que às vezes a gente não sabe de onde vem e quando descobrimos, dói mais ainda. Até podermos "matar" a tal saudade.

Seu post me lebrou uma música:

"I'm not gonna give up easy, we were made to cross the line.
I don't want the things that we do...I don't want to let them die.
Call me after dark.
Call me, call me after dark."

DO disse...

Fiquei sem palavras,JÔKA.

Torcendo por vc. Mas to achando que é uma historia que transcende esta vida


Abração!!

palpi disse...

Jôka amado, eu tenho saudade do meu amor, mas eu ainda não tive um, não de verdade, do jeito que eu quero, a não ser em meus sonhos. ;)
Gostei dessa modernidade toda por aqui.

Miss copacabana disse...

lindo...nostálgico...

Silvia disse...

Sou post me lembra um post que fiz uma vez chamado "melancolia" - mas destacando o que tem de bonito nessa palavra... como "mel". Bem, espero que tudo dê certo. E obrigada pelo elogio aos meus mosaicos. Aceito encomendas pro Brasil todo!! Já mandei meus trabalhos pra Argentina, Recife, mas pro Rio ainda não. Seria legal fazer alguma coisa inspirada no calçadão de Copa. Bjs

Olga disse...

Há momentos em que os sonhos parecem mais vívidos que a existência. Só quem sofre as dores por amores que se foram descobre tais momentos.
Beijo.

Gená Franco disse...

Jôka,
copacabana cinza deixa a gente assim.
Amanhã, quem sabe, um sol lindo aparece no seu horizonte.
Beijos!!!

Ritoca disse...

Ô Jôka...

Fica assim não. A vida tem essas coisas, nem sempre a gente ri, às vezes a gente sofre, mas, a vida segue e outros bons momentos virão.

Vc não merece sofrer e este clima dark não combina com vc. Vc ´´e uma pessoa ensolarada.

Fica bem. Tô torcendo por vc.

Bjs

Lu Olhosde Mar disse...

querido, chove lá fora e tá frio aí??? abra a janela.. deixa a chuva passar deixa o sol aquecer o seu coração. conte comigo. beijão.

Ilvia disse...

Jôka, vou sempre torcer para a sua felicidade e para que tenhas um sorriso em seu rosto.
Um beijo enorme

Mr cat disse...

Big boys don´t cry.

Garçom disse...

Triste, Jôka. A pior despedida é aquela que não nos dá outra opção, né? Beijos.

Lu Toledo disse...

Só consigo pensar numa coisa vendo essas fotos: não tinham dito por aí que iam refilmar dancing days?

Sonho Meu disse...

Paciencia...quando parar de chover, voce vai sorrir de novo.
bjos.
me

Polly disse...

não ter opção é tão ruim...
só o tempo mesmo Jôka..que por mais que nos envelheça ainda assim é um bom amigo...que o seu corra macio...
xoxooxoxo

Universo Les disse...

Jôka,
No popular: a fila anda!
Aquela fala bem carioca, bem rasgada, bem "colega". Mas, é mesmo verdade.
bjos, querido!

Tina disse...

Oi Jôka!

Meu lindo, eu só não te vejo mais por morar distante... mas meu coração vive por aí, mora por aí, lembra sempre de ti. Tenha certeza.

beijos querido e bom fim de semana,

PS: Copa é triste mesmo com chuva, mas dias lindos e melhores virão: o verão garante a alegria. E pode me aguardar.... rs

Ana D disse...

Eu não sei o que vai aí dentro de você, pode ser uma saudade, pode ser uma nostalgia boa, pode ser uma melancolia, pode ser uma ficção rs... mas confesso, eu gosto muito de textos assim delicadamente afetuosos, amorosos...Gostei !

eduardo disse...

Tocando, Joka. Muito bonito.

FINA FLOR disse...

é engraçado, mesmo, Joka, mas algumas despedidas só eternizam o que poderia ter sido e a saudade, né?

beijos,

MM.

ps: fui ao MAM, hoje: DELIRIO, DELIRIO a exposição da Marilyn.... comprei o catálago. Acho que você já deve ter ido, mas lembrei que você falou que era fã da moça, como eu, então, vim dizer que ameeeeeeei e que se não foi, coooorra

Cristiano GO disse...

Jôka... vc é muito especial...

Abração

Anunciação disse...

Sem palavras.Só contemplar e refletir.

Mônica disse...

uau, JP, uau...sem palavras!

Saramar disse...

Jôka, Jôka, isso doeu...
Não devia acabar, nunca devia acabar.

beijos
P.S. Apesar de triste, tudo o que escreveu é belíssimo!

Valentina disse...

A saudade é uma estrada longa, colega. E sem sentido.

Suspiro longo.

Sweet disse...

Ei, Valentina sou eu! Danou-se!