17 fevereiro 2008

Créu em Copacabana

Tenho o privilégio de ter um baile funk particular.

Um legítimo Furacão 2000 todos os domingos, só pra mim. E bem embaixo da minha janela.

Maneiríssimo, né ?

São milhares de jovens que vêm de suas favelas e subúrbios.
E esses rapazes trazem muita, mas MUITA animação.
Eles descem dos morros, bebendo latinhas de cerveja e já chegam cantando suas melodias tribais, com letras que rimam "uta-uta-uta" com "filhas de uma puta".
Geralmente também entoam em uníssono: "Ú-Ú-Ú... vai tomar no cú !"
Fico até comovido.
É muita
felicidade acordar assim, com tanta poesia !

Olha que meiguinhos !
Depois de mijarem litros de skol na calçada, eles dançam a Dança do Créu em uma coreô eufórica que faria inveja à Maurice Bejart.
Créu ! Créu-créu-créu-créu-créu-crééééu !!!
E ainda me chamam, berrando e dando adeuzinho:
"- Jôka ! Desce e vem dançar a dança do créu ! "
É alegria demais pro meu coração.


Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor.

Fotos do Créu - Jôka P.

43 comentários:

Angela Ursa disse...

Jôka, mas parece mesmo um baile funk! Só faltou o chamado "bonde" e a presença da Tati Quebra Barraco. Beijos da Ursa!
PS: Minha internet voltou há pouco. Ficou 5 horas fora do ar.

Raffer disse...

As fotos falam por si, mas reforçar a "meiguice" foi óóóótimo! HAHAHA!

ana de toledo disse...

Socorro...

Klero disse...

Quanto privilégio! Quando eu voltar ao Rio, quero uma recepção assim!!

DO disse...

Fala sério,JÔKA: vc matou muito passarinho qdo crianca.Ninguem merece.

Abração!

Alziro Patafisico disse...

Depois disso eu me decidi, estou de mudança pra Copacabana agora mesmo. E quero os meiguinhos me acordando todo dia....

M. Chloé disse...

Pois é, nossa cidade está uma bagunça triste... no verão, então, é o caos: não há limite para nada, não há organização... como disse a Ana ali em cima: "socorro!"

Anônimo disse...

Ahahaaha... kkkk....
Tem que rir para não chorar !

Luci disse...

sabe aquela minha poltrona? perto da sua janela? vou me sentar e juntos curtiremos tamanha alegria...!!!!!
bjão!

Horácio Magalhães Gomes disse...

O bairro de Copacabana mal havia se recuperado dos transtornos causados pelo desfile do Monobloco, no domingo passado, e teve de "sobreviver" aos transtornos causados pelo show da cantora Claudia Leite na praia de Copacabana.

O que se viu, na verdade, foi um "show de desorganização"!

Uma verdadeira multidão de pessoas dividia a pista de rolamento com os carros por falta de espaço nas calçadas.

Camelôs por toda Av. N. S. de Copacabana contribuíam para dificultar ainda mais a fluidez dos pedestres.

A Rua Rodolfo Dantas, no trecho entre a Av. N. S. de Copacabana e Barata Ribeiro, que da acesso à estação Cardeal Arcoverde do Metro, virou uma verdadeira "praça de alimentação" com bancas de camelôs vendendo de tudo!

Ambulâncias com suas sirenes ligadas tentavam vencer o colapso causado no trânsito pelo show para poder atender os pedidos de socorro.

Nada temos contra realização de eventos na praia de Copacabana, mas a intensidade e o excesso de mega eventos realizados pela Prefeitura, ou autorizados por ela, na praia de Copacabana esta se tornando motivo de reclamação dos moradores.

Aos moradores de Copacabana que acabaram de pagar os seus carnes de IPTU, só resta se resignar com a falta de sensibilidade por parte da Prefeitura.

Lamentável!!!!

Atenciosamente,

Horácio Magalhães Gomes
Presidente da Sociedade Amigos de Copacabana
http://amigosdecopa.vilabol.uol.com.br
22876036 / 91192880

Olhe o Céu disse...

depois tem quem faça cara de espanto quando digo que odeio funk.
O D E I O
poucas coisas na minha vida recebem este tratamento.
D E T E S T O

Leleco disse...

Jôka,

Quanta "meiguice"...rs...essa foi ótima...rs

É disso que o povo gosta, de emporcalhar as calçadas com urina, e nossos ouvidos com estes lamentáveis funks horrorosos.

Não bastasse isso, soube que o show da Cláudia Leite teve muita confusão e briga. Engraçado, mas só tem confusão quando se trata de funk, axé ou pagode. Quando tem algum show de rock, não vemos isso por aí...Por que será, hein?rs

Um abração,
Leleco

Laura disse...

Fiquei curiosa para ver a danca do creu. Isso ai merecia um video, Joka!

Liliane de Paula disse...

Jôka, Vilma certamente vai adorar a foto. Obrigada.
Essa "mundiça" em baixo de sua janela é um terror. O pior é que eles pensam que estão abafando. Veja as caras desgraçadas deles para a digital.
Liliane

Universo Les disse...

Jôka P. Gaultier,

Sabe aquela brincadeira cretina de jogar um saco de xixi pela janela??
é o que dá vontade de fazer vendo as suas fotos! Talvez, com um banho de xixi esse povo entenda que funk, créu, batidão, zoação, etc incomoda muito! Que rua não é quintal de casa!
São os jovens do nosso Rio. Triste realidade! Depois que o Cesar Mala ainda colocou o reveillon de Copa regado a funk, a casa realmente caiu!
Cadê o email?
Saudades!
bjos,
Mari Armani

Jôka P. disse...

Videos clássicos da Dança do Créu:

A Dança do Créu básica:

http://br.youtube.com/watch?v=ePDv1VtcRJk

MC. Créu e as popozudas no Furacão 2000:

http://br.youtube.com/watch?v=7IZwBRmzXrc&feature=related

A Dança do Créu do Mr.Bean:

http://br.youtube.com/watch?v=QUG_SZ4PvCg

Sonia disse...

Jôka, caso eles visitem o seu blog, a turma do Créu vai aumentar! (risos) Beijos!

Davi Arloy disse...

HSUAIHSIUAHSUA

péssimo hein!? Mas, se serve de algum consolo, não é só voce nao. Esta quase impossivel se trafegar sem ser atacado com esse tipo de coisa né?! Enfim ... é nossa cidade maravilhosa e suas peculiaridades

Abs

eduardo disse...

Isso é que chamo de calor humano!!!

Sonho Meu disse...

Nao gosto de creu...nao gosto de bagunça...nao gosto de xixi e coco na rua...nao gosto de funk...nao gosto de gente fedorenta dançando e se achando o maximo. Por isso to aqui, longe desse fuzuê !
bjos,
me

Rodrigo disse...

Aquela palavra que vc disse "não" seria usada por mim, como xingamento, na hora que toda essa zorra tivesse início!
Adoro a ironia como recurso linguístico!
Bjos... e boa sorte....

Ana D disse...

Que deleite ...Devo ter inveja ou te parabenizar ??rsrs

Cris disse...

Oi, vizinho! (Pelo que percebo nas fotos, moro na mesma quadra que você).

Ontem, eu, inocentemente, fui passear em Ipanema e, na volta, quase não consegui chegar em casa. Tinha outra "Praça de Alimentação" instalada na Atlântica...

É por isso que nosso IPTU é caro. Um show de funk e de antropologia saltitante na janela como esse nem o pessoal do Chopin tem!

Jôka P. disse...

Oi, Cris !
Já que somos vizinhos, eu gostaria de visitar o seu blog, mas clicando no seu comentário dá:

PERFIL NÃO DISPONIVEL

Dá pra "disponibilizar" o "perfil" ou pelo menos pra deixar o seu enderêço virtual aqui, please ?
Obrigado pela visita, quero retribuir, tá !
;)

Mônica disse...

Créu neles!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Laura disse...

Joka, e aquela dancarina do creu com aquelas pernonas e bundao sacolejantes? Vixe!

Olga disse...

Que bonito, que poético, que beleza a lírica da letra...

Luciane disse...

Que fino!
;)

Milady disse...

Jôka, o caso é que a galera descobriu onde vc mora e todo mundo quer aparecer no blog do Jôka, afinal vc é global!

hahahahahahaha

Acordar com Créu é barra mesmo!

beijão

Alberto Pereira Jr. disse...

um espetáculo sociológico, diga-se de passagem, hein?.. heheheh

BethS disse...

Todo domingo, Jôka?
Valha-me deus!

Engraçadinha disse...

é de chorar.

Luci Lacey disse...

A vida como ela eh!!

Vc jogou pedra na cruz, nao foi Kako Antibes? rsss

Beijinhos meigos

Dani disse...

Uia!
Que fauna variada! rs

Beijos, Jôka.

PS: Ninguém merece essas coisas.

Laura disse...

deus do céu!!!!!!!!!!
e a gente faz força pranão ter pré conceito, não é?
pero...
é uma total falta de educação. A tal história, minha liberdade acaba onde começa a sua, mas...
E são tão animados, não é?
aqui tb... mas longe daqui, felizmente.
qdo morava ai em Ipa, só dava para ir à praia à tarde,qdo a galera já estava de saída.
bjs Laura
Qto às janelinhas, respodi lá.

Anônimo disse...

só gosto de dancar créu na 5a velocidade

cráudio

Anunciação disse...

Sem comentários pq acho que todos já foram feitos.Sei que rir da desgraça alheia é maldade mas como eu tenho a minha dose de créus e outros afins,estou às gargalhadas com as cenas e seus comenários sobre o acontecimento.

Juliana Freitas disse...

E quem disse que isso não pode ser divertido? Com um pouquinho de boa vontade "essa gente bronzeada", que "vêm de suas favelas e subúrbios", podem ser bem divertidas... Pelo menos são mais interessantes que a "blasé" classe média... Eu acho!!!

maria bonita/mulher de lampião disse...

Jôka...que legal...adorei e tb descobri uma bela maneira para me livrar dessas benditas estrias e outros bichos mais: vou sacolejar, diariamente, meu popozão na décima velocidade.
Se não morrer ou entortar de vez, revelo o resultado num show debaixo de sua janela.

Maysa disse...

Putz!

Joga um balde de água fria rsrs
alias, joga nao, vao gostar.

Maysa

Daiza disse...

Rio quarenta graus, purgatório da beleza e de cenas deploráveis como essas. Rá!

Prensada disse...

Tá tudo dominado mesmo...perderam pro morro !

favelado funkeiro disse...

olhem voces, pessoinhas medíocres...
As pessoas a quem vcs se referem pela locução deste incapaz precisam procurar um espaço, pois eles não tem privilégios, precisam procurar se expressar com o que sobrou e, assim, se divertir com o que tem...
O esforço de Béjart não chegou até eles e por causa de animais imensamente pobres de espírito como voces que estes pequenos dificilmente o conhecerão.
Acreditem, não há Maurice que faça voces compreenderem.