22 novembro 2009

Batidão censurado!

Eu tinha postado um video com a Beyoncé dançando funk, mas o youtube tirou do ar no dia seguinte. O que é que essa gente tem contra mim? Ou será que a Dona Beyoncé anda visitando esse blog e mandou tirar do ar? Rs...
Bom, o @fipok, meu amigo chique consultor de bom gosto, bem que tinha me dado um toque, avisando que funk é um horror, o fim da picada, um negócio super cafona e tal. Então eu já ia ripar mesmo.
No lugar do clip censurado, coloquei aqui acima um trabalho meu, essa ilustração mangá que fiz pra capa de um CD do Galeria Café, bar bacaninha aqui do Rio, onde só entra gente chique e incrível. E lá, filhinho, garanto que funk não passa da porta. Aliás, acho que nem Beyoncé.

Neon Copacabana Sex Shop


♫♪♫Tchutchuca treme o bumbum! Treme treme treme!

♫♪♫Treme o bumbum dando uma reboladinha !♫♪♫


22 comentários:

Angela Ursa disse...

Jôka, eu não gosto de funk. Tenho uma sobrinha que curtia muito. Agora, até ela, anda ouvindo outros tipos de música.
Cada letra! :))
Beijos da Ursa

Tertúlias... disse...

nao estou conseguindo colocar o vídeo do youtube... estranho...

dudv disse...

Eu acho ela muito talentosa.

dudv disse...

me referi a Beyonce. a música dá para sacudir o esqueleto.

Guy Franco disse...

Bom pra acordar, de manhã, como alarme.

Angela Ursa disse...

Jôka, coloquei um link para a imagem que vc não conseguiu ver lá na floresta. Aqui a imagem aparece. Não sei o que pode estar ocorrendo.
Beijos da Ursa :))

Laura Silveira Mastella disse...

que interessante, o YouTube proíbe a difusão desse vídeo aqui na França ;)
Vou ficar na curiosidade ... Mas já imagino o 'conteúdo' hehe

DO disse...

Tiraram do ar. Fiquie curioso,Joka,rsss. Abração!

paçoca disse...

Ainda bem que tiraram do ar, eu num goste de funk mesmo! Mas de Yogoberry hum!!que delícia. Obrigada pela visitinha de médico lá em Pampa-linda. Vamos combinar um Yogoberry? Fiquei com ciúmes da Tia Cris!

Tertúlias... disse...

Ah! Foi por isso que eu nao conseguia abrir... na Franca já estava "censurado" como li acima... Que pudicos estes youtúbicos...

Laura Silveira Mastella disse...

anotei a dica do Galeria Café ! :)

Fipo disse...

Jôka, funk não é um horror, não é o fim da picada, não é um negócio super cafona. Apenas prefiro não ouvir. rs. No Galeria não toca MC Perla, mas toca Beyoncé, Rihanna e Lady Gaga. Até a volta, besos.

Diz disse...

kakaka
ai ai vc e este fipo... um quer ouvir só as divas da óera, vc é pop- assim sama-se, c'est la vie, mon cher. Viva e salut!

Liliane de Paula disse...

Não gosto e nem entendo funk. Aliás, só ouço american music.

bueno disse...

Não fala da Beyoncè que eu viro bicho. A nêga tem talentos inumeráveis. Funk ainda existe?

Jôka P. disse...

Querido Claudio Bueno, o funk ainda existe e acho que veio pra ficar.
O funk é "O" som carioca, uma batida contagiante que teve origem nas favelas e desceu aqui pro "asfalto".
Óbviamente eu não sou funkeiro (dãn!) mas ouço bastante na academia, é animado, engraçado, sexy e bem bacana.
A gente não tem obrigação de ser chic 24 hs por dia. Ou tem?
Bjs pra todos vocês,
gostem ou não do batidão carioca.

;-P

Angela Ursa disse...

Jôka, onde fica o Galeria Café? Eu não conheço. Muito legal a ilustração! :)) Beijos da Ursa do amanhecer

Jôka P. disse...

Angela,
o Galeria Café é um bar G que faz exposições de arte, lançamentos de livros, apresenta performances e muitas vezes faz um bazar de moda, aos domingos. Já pode ser considerado um lugar bem tradicional, foi iaugurado em 1997 e ainda faz muto sucesso.
Fiz várias capas de CDs pra um dos DJs do Galeria, o Claudio Olivotto, que não toca mais lá.

O enderêço é: R. Teixeira de Melo 31, em Ipanema - bem na Praça General Osório.
http://www.galeriacafe.com.br/

Bjs!

Marcos Dhotta disse...

Saudades do Galeria... Quando do meu retorno ao Rio, matarei as saudades de lá. Concordo contigo: Galeria/Funk/Tchutchuca Treme o bumbum... Não combinam! Abraços Jôka!!!

dudv disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
eduardo disse...

Achei que youtub foi muito bobo. O vídeo não tinha nada demais.

carlos disse...

q preconceito bobo é esse contra o funk ?