06 junho 2005

Balaio de gatos


Praça do Lido - Foto : Jôka P.

O outono tem tido manhãs lindíssimas de sol morno.

Acho que todos os velhinhos do Leme e de Copacabana sairam de casa ao mesmo tempo e estão sentados lá na Praça do Lido, pegando um calorzinho básico.

Em um canto da praça, uma mendiga gordíssima tem um balaio de gatos. Parece uma personagem de Les Misérables transposta para os trópicos.
No cesto da gorda, uma ninhada de gatinhos-bebês, de uma fofura irresistível.
Uma garota passou, pediu um bichinho e a mulher respondeu, categórica :

-"Você não tem cara de saber cuidar de gato, menina.
E se não sabe cuidar, eu não dou."

Me controlei para também não pedir um pra mim.

Já tenho a Cindy e sei cuidar dela.
Está na minha cara.
Tenho a cara explícita de saber.

2 comentários:

Angela disse...

Amigo Jôka, essas suas fotos da pracinha do Lido me deram a sensação de me transportar no espaço e no tempo até um lugar tão familiar, que eu costumava ver constantemente há alguns anos.
O interessante das suas fotos é que elas são flashes vivos do cotidiano de Copacabana e seus moradores.
PS: Enviei e-mail avisando que chegou o retrato da Dona Ursa :))

Bagunceira disse...

Hoje eu queria estar no calçadão de Copa.... andar, andar, respirar o mar, me exercitar, andar, andar.... Por isso que venho um pouco aqui para matar a vontade. É tão bom...