18 março 2007

Cruzes !

Acordei com essa visão ao abrir as persianas da minha janela: a Praia de Copacabana com 700 cruzes de madeira preta fincadas na areia.
Como o meu quintal nos últimos tempos se tornou cenário de novela, pensei que era só mais uma gravação global.
Se bem que aquilo estava muito trash, uma bagaceira bem mais pro gênero Zé do Caixão.


Desci e perguntei ao senhor barbudo da foto:
- Quem é o responsável por isso?
- Somos nós ! – ele respondeu super sem saco.
- Tá, mas...vocês quem ?
- Nós, ué !
Contei até sete e reformulei a pergunta:
- Tá, mas vocês são o quê ? Uma ong ? (aquilo tinha toda cara de coisa de ong).
- É – respondeu o homem, ainda mais amuado – nós somos uma ong.
Ao ouvir a palavra ong, respirei fundo.
E lamentei não ter tomado um Lexotan, antes de sair de casa.

Um senhor grisalho dizia para o grupinho de camisetas pretas que o cercava:
- Vamos deixar as cruzes aqui mesmo e voltamos amanhã para buscar, depois do culto!
Cheguei mais perto e me apresentei:
- Sou Jôka, moro aqui em frente e faço um blog sobre Copacabana.
Silêncio. Todos se entreolharam.
- Qual é a função disso ? – perguntei - Quem é o senhor ?
A rodinha se abriu. Todos calados, seríssimos, me olhavando perplexos.
Então o personagem central falou:
- Sou Antonio. Nós somos um movimento sem vínculos religiosos e políticos, para as pessoas interessadas na defesa dos direitos humanos – ...etc e tal.

Ah, é ?! Então tá... Tá ótimo. Boa sorte.
Eu não tinha nada a ver com aquilo mesmo.
Vi que não estava agradando e resolvi sair fora.
Fui procurar minha turma.

Não havia mais que uma meia dúzia de gatos pingados naquela reunião melancólica e sinistra. As poucas pessoas que passeavam pela Av. Atlântica nublada ficavam muito assustadas e nem se davam ao trabalho de parar pra olhar o grupinho de manifestantes mórbidos.

Sartre tinha razão. O inferno são outros.

Fotos - Jôka P.

36 comentários:

Angela Ursa disse...

Nossa, Jôka, que coisa mais mórbida essas 700 cruzes na areia de Copa!! Parece mesmo um cemitério. Provavelmente, o dono da ong vai falar dessa manifestação no programa dele. Será que o pessoal da Comlurb vai "varrer" as cruzes até amanhã? Beijos da Ursa

Morgana Jackeline disse...

Oieeee...Jôka...tudo bem?

Eu vi as imagens do acontecido no RJ TV e simplesmente não entendi bem o pq daquilo...
Bem..sei que a violência no Rio está alarmadora...não podemos se quer ter o direito de ir e vir... mas me pergunto: em que todo aquele circo armado será útil?
Não sei o que você e seus leitores pensam a respeito, mas eu me sentia mais segura na época da ditadura.
Tudo bem, eu era uma criança, mas me lembro que tudo era mais fácil:
o dinheiro rendia nas poupanças, os salários aumentavam (bem..a inflação tb..lol)... existia em Niterói (minha cidade natal ) O "Cosme e Damião" que era uma dupla de PMs que circulavama o meu bairro, nos prestando auxilio a qualquer sinal de pertubação da ordem.
Enfim...na ditadura quem não se envolvesse com política vivia bem..e muito bem...
Hoje em dia, com essa tão almejada Democracia, só vejo mortes de inocentes, políticos ladrões e sujeira pra todo lado que olhamos...
Lamento por você ter acordado com uma vista tão sombria...Copa é tão linda... :-)

Beijinhos...e um bom domingo..

eduardo disse...

A preai de Copagabana ficou tenebrosa. O que acho interessante no nos blogs é que você pode ter um notícia em outros ângulos.
Parabéns pelo post.

eduardo disse...

A prai de Copacabana ficou tenebrosa. O que acho interessante nos blogs é que você pode ter um notícia em outros ângulos.
Parabéns pelo post.

Desculpe por repetir o post.

Regiane disse...

Jôka, tá na cara que essa gente fez isso só para aparecer, não é ?
No mínimo essa "ong" tem um Kit-protesto (afinal, são protestantes?) com as cruzes e os cartazes que são montados e desmontados em diversas partes do Rio. Chamam a mídia, seguram os cartazes e pronto, só isso.
Eu mesma passei pela Atlântica duas vezes hoje e não havia NINGUÉM, eles estavam lá plantados sozinhos, muito desconsolados e borocoxôs, coitados.
Isso é só para tirar foto.

Regiane

cirilo veloso disse...

Que estranho acordar e dar de cara com essas cruzes todas.

E o tal antonio que diz não ter, a ong, vínculos religiosos... kkkk É cada figura que aparece.

Excelente domingo.

Eliana Machado disse...

Bom Dia, Jôka
Deve ter sido uma sensação muito ruim, olhar a praia de copacabana com este visual.
Visitei os 2 blogs e vou deixar aqui umas palavras à todos.
"O estudo dá cultura. A meditação dá sabedoria."
"A cultura é adquirida nos livros pela inteligência. A sabedoria é haurida pelo coração, na natureza.
"Lamentávelmente confunde cultura com sabedoria, chamando sábios aos que apenas acumulam grossas bibliotecas em seus neurônios, sem, no entanto, assimilar em seus corações um grama do conhecimento da verdade divina, que é o amor a Deus através de seu representante visível: nosso próximo."
"Precisamos ser sábios, mesmo que não possamos ter grande cultura."
(C. Torres Pastorino)
Obrigada pela oportunidade de comunicar-me.
Um abençoado domingo à todos,
Felicidades,
Bjs.

junior disse...

Jôka queridão,
As manifestações de protesto contra a violência estão ganhando menos apoio a cada dia, impressionante não?
Eu tava vendo na tv uma reportagem sobre várias manifestações assim no Rio, onde as pessoas não tavam nem aí. Será que a violência já se tornou algo tão banal assim? Ou as pessoas tem mesmo muito mais o que fazer? Rssss
Beijão e bom domingo pra ti

Taia disse...

Sabia que iria encontrar algo sobre isso aqui.
Que post bacana Jôka.
Lamentavelmente existem pessoas usando a dor de todos nós, nosso medo, para ter ibope, votos, sei lá mais o que.
Você viu os meninos dos Detonautas? Ninguém parou para ver o que eles faziam nas escadarias da assembléia.
Por que?
Porque cansamos de lutar sozinhos, de reclamar em vão.
Enquanto não for um deputado, vereador, prefeito atingido, nada será feito.
Amo esta Cidade Jôka, mas tá muito difícil, muito mesmo.
Nem pastor nem pai de santo vai dar jeito.
Tsc.
Beijo enorme e parabéns pelo post.

Erika disse...

Tudo é desculpa para se criar ONGs. Ouvi no rádio qe ONG agora é a melhor forma de ganhar dinheiro fácil. Logicamente que há ONGs sérias que fazem trabalhos sérios e maravilhosos.
Eu acho que a atitude desta pessoa ao te responder já desvalida (existe esta palavra? rs) todo o trabalho de um protesto contra a violência. Violência começa em pequenos gestos, como a deste cara, que foi bastante mal-educado com vc, eu diria.
deveriam dizer a ele que a má educação é um dos principais 'criadores' da violência.

Ah.... e eu adorei o banner novo.. achei até mais legal que o outro que eu já tinha gostado bastante.

Beijo

Eliana Machado disse...

A Taia tem razão no que diz que nem Pastor e nem Pai de Santo vai dar jeito nesta violência que o Rio sofre.
Mas cada Pais, cada cidade, terá a sua forma de sofrimento, mas nenhum escapa.
A Palavra de Deus está se cumprindo, Ele disse e Deus não mente: "Tudo passará, mas as minhas Palavras não passarão."
Lutemos, começando por nós.
Infelizmente é isso mesmo, nada podemos fazer pra evitar o que já está escrito.
Que cada um cuide o melhor possível de si mesmo, pois desta forma já auxilia os que estão próximo.
Que Deus Nos Abençoe e Nos Proteja.
Bjs.

GENÁ FRANCO disse...

Jôka,
não vou entrar nos links dos caras.
Já tinha visto a história pelo ângulo da Globo. E estava aguardando o seu. Com certeza o barbudinho vai aparecer no Fantástico hoje à noite. E enquanto isso os que mataram as 700 pessoas se divertem por aí ...
Beijos!

Liliane de Paula disse...

Acho esses protestos tão ridículos e sem sentido. É só para chamar atenção. Passeata pela paz? E marginais estão ligando para isso? Devem está é no meio de passeatas agredindo os idiotas.
Liliane

Alziro Patafisico disse...

Jôka,
Tirando as ligações religiosas, que eu deploro, achei o protesto interessante e criativo. E o clima sinistro nas areias escaldantes de Copacabana acaba chamando a atenção prum assunto sério que é a violência e a escalada do crime nesta cidade fantástica que tem sofrido tanto últimamente.
Se manchar um cartão postal serve pra despertar o povo e as autoridades eu tenho nada contra.

Alziro Patafisico disse...

E as suas fotos ficaram poéticas.

Lila disse...

realmente Jôka essa imagem é tétrica...credo!
coincidência é?duvido!
mas que alguma coisa precisa mudar pra se ter paz isso precisa...
beijo e bom domingo!

Ivo Korytowski disse...

Cruz credo! Vade retro!

ana de toledo disse...

Finalmente um comentário sensato no meio de tanta insensibilidade e desprezo pela manifestação em si. . Conversando com uma artista plástica, amiga minha e muito conhecida ,ela me fez ver por um ângulo ao qual eu não havia percebido. Perguntou-me: não te parece uma instalação? E das boas viu, pois vem munida de uma causa justíssima. E que todos os artistas se mobilizem dessa ou de qualquer forma.
Tomara que, num futuro próximo, ninguém do bem tenha mesmo nada a ver com aquilo, pois não haverá tanta violência. Voltaremos a viver tranquilos como nos ...anos 80 já tá um paraíso!!

Dani disse...

Morbidez é pouco. Isso é de um terrível mau gosto, principalmente se levarmos em conta o fim a que se destina, já que o que essa ONG pretende é tão-somente se promover à custa dos problemas pelos quais o Rio passa.
Eu nem entendo muito bem a quê se dispõem essas ONG's. Nada fazem de concreto, a meu ver.
Post muito oportuno, Jôka.

Um grande abraço pra você.

a comentarista disse...

Olha, quando eu vi essa imagem das cruzes na areia, achei forte e chocante. Acho que essa imagem vale por mil palavras, gritos e lágrimas de protesto nas ruas. Achei uma metáfora bonita, uma homenagem, um grito silencioso. Nao importa quem fez, acho que valeu sim. Nao achei mórbido, achei triste. Também acho que nao dá mais pra tapar o sol com peneira: o que está acontecendo no Rio, tantas mortes de policiais e civis honestos(de bandidos nem falo)é anormal e já fugiu do controle. Uma guerra civil mesmo. As imagens que chegam aqui pra gente sao imagens de guerra mesmo.
Só nao sei a soluçao, mas alguma tem que surgir.

beijos

Leleco disse...

Jôka,

A cada dia que passa, tenho mais raiva dessas Ong's, principalmente estas que se intitulam a favor dos direitos humanos.

Logo me pergunto: direitos humanos de quem?

Na última semana, 12 policiais morreram assassinados, e não ouvi falar sobre direitos humanos. Mas quando mataram os bandidos na Candelária, ouvi esse termo...

Religião, Ong's, políticos...tudo farinha do mesmo saco podre.

Um abração,
Leleco

Angela Ursa disse...

Eu não sou contra manifestações, mas que não sejam oportunistas, como essa das cruzes demonstrou ser. A do rapaz dos Detonautas foi uma manifestação feita de coração, verdadeira. E, pelo que vi nos noticiários, poucas pessoas que passaram em frente deram importância. Beijos da Ursa

Hanny disse...

Olá, Jôka levei um susto enorme ao ver essas fotos, que coisa tosca !
Detesto essas manifestações idiotas, não levam a nada ! Se cada cruz dessa fosse cravada no peito de um bandido, ai, sim, teria um fim justo !
Ah, sabe qual é a moda de violência em Salvador ? Os delinqüentes juvenis, OPS, "menores de rua" chegam perto dos carros, e ao invés de espirrar água nos pára-brisas, espirram ácido. Se a pessoa estiver com a janela aberta, leva ÁCIDO na cara ! Pode?
Bom, como tudo aqui é mascarado, não sai nada no jornal, bem como não sai no Jornal que o Farol da Barra é tomado por prostitutas e traficantes, que vc não pode caminhar pela Barra de noite que os "menores" te roubam. " Quem manda sair de casa ?".
E em Sergipe, que um homem cortou o outro ao meio ? Um terror!
Esse país está perdido, Jôka, e o lamentável é ver o povo achar que essas coisas só estão em SP e RJ.

E No Nordeste NADA em paz.

Que Deus tome conta de nós !

Yvonne disse...

Jôka, a idéia é até interessante e mostra que alguma coisa as pessoas têm que fazer, mas pegou muito mal esse pouco caso dos organizadores da tal manifestação.
Não sei o que está acontecendo com o povo da nossa cidade, parece que a letargia tomou conta. Talvez seja a necessidade de manter a saúde mental e dar um tempo para que outra catástrofe possa ser assimilada.
Beijocas cariocas

Ricardo Mantler disse...

Jôka,

Já reparou que tudo o que acontece em Copacabana, sejam manifestações, gravações, ponto de encontro de gays, shows ao ar livre, entre outras coisas quase sempre acontece em frente ao Copabana Palace? Sei que a referência é forte, mas concorda comigo que este lugar-comum já está um tanto cansativo. Com uma praia tão extensa, acredito que outros pontos poderiam e deveriam ser mais explorados.

Quanto ao elogio... tsc. Eu sou mauricínho mesmo. Menos do que poderia ser no entanto mais do que gostaria.

Mas entendi o elogio.

[]'s

Vera Fróes disse...

Jôka
Não combina esse monte de cruz com Copacabana. Foi aí que os 700 morreram? A violência é na cidade, não só em Copacabana, porque estragar com a paisagem?
Não gostei.

Bjos.

Anônimo disse...

Existem manifestações que não "queiram aparecer " ? por favor , alguem pode me responder ?
Então é para ficarmos em casa , olhando pela janela ,vendo todos estas atrocidades acontecerem com o nosso Rio , sem ter nenhuma atitude ? Alguém sabe a origem da palavra manifesto ? Valha-me Deus !
Manifesto , Manifestar-se , manifestação, do latim manifestare : tornar público , notório , apresentar , revelar, divulgar.
Segundo alguns daqui , não vamos fazer uma manifestação "somente para aparecer ". Então vamos fazer como ? Sozinhos , na janela do quarto ?

Esta meia dúzia de gatos pingados estão fazendo muito por nós. Nós , que nos dizemos tão cariocas e que ainda permanecemos dentro de nossos lares,acreditando que nada de mal vai nos acontecer. Gente , aqui é Copacabana!
Não existe mais muita diferença entre Copa e Bangu. Todos estamos sofrendo.
Abra sua janela em Copa e veja mendigos , meninos de rua cheirando cola , assaltando e matando turistas , prostituição , tráfico e etc. Está diferente de Bangu ? Está sim! Por enquanto Copacabana ainda tem praia.
Sejam presbiterianos , católicos , umbandistas , kardecistas , budistas ou qq coisa, eles estão ali por um motivo, e com certeza não é o de "não querer aparecer ".

Jôka, quando te conheci , vi um cara culto , antenado , sem preconceitos, de uma critica inteligente , mordaz, participativo, mas vc tem me surpreendido, tanto que não sei mais como definir sua personalidade...
Criticar a atuação da manifestação ? Com que intenção vai lá e questiona , por acaso é alguma " autoridade" ? Era apenas para divulgar no blog ? Não é possivel que vc seja mais um " ser desligado" do que acontece no Rj , até porque já vi em seus posts anteriores momentos em que vc questiona estes blogueiros que s vivem de realidade virtual.

Já li vc falando de gordos , feios , etc ( só não vi vc criticando gays, ou velhos, ou ainda velhos gays ) e tinha ficado bem decepcionado.
Eu , que sempre curti tanto suas criiticas engraçadas , fico pasmo ao ler os frequentadores de seu blog e por vezes a falta de crtica e atitudes deles.
Aqui já vi muita gente gorda e feia. É mesmo para manterem a frequencia no blog ? Algo assim meio masoquista ?
Eu não sei o que faço. gostaria tanto de ver de volta o Jôka do começo do blog. Aquele charme original. Com aquela vertente engraçada , mas sempre participativo do momento social que vivemos.

Eu, que já tive um parente morto por bala perdida na Tijuca, me sinto culpado, com remorsos , por não ser mais ativo socialmente. Seu blog sempre me inspirou a isto.

sem mais.

Tom, um ser diferente... disse...

Jôka,
Vamos montar uma ONG??? Abre o escritório no Rio que eu aqui em Brasília vou correr atrás dos deputados pra liberarem incentivos ($$$$$) para a nossa causa! hahahaha.
Acredite! É melhor do que Mega Sena!

Abração,
Tom

Jôka P. disse...

Anônimo, lamento estar lhe decepcionando tanto, mas pelo menos assino os meus textos e todos sabem quem sou.
Já deixar essa crítica e esse comentário anônimo é o cúmulo da covardia, da falta de caráter e de educação.
A violência, óbviamente, já mora aí, dentro de você, anônimo.

sem mais,
Jôka

Jôka P. disse...

Comentários anônimos e babacas em geral, estão bloqueados.

Chris disse...

Eu, hein?! QUe povo mais carrancudo. Se o objetivo deles era chamar a atenção para a violência no Rio, eles deveriam estar preparados para responder a todas as perguntas que lhes fizessem. E com boa vontade. :-/

Chris disse...

Eu, hein?! QUe povo mais carrancudo. Se o objetivo deles era chamar a atenção para a violência no Rio, eles deveriam estar preparados para responder a todas as perguntas que lhes fizessem. E com boa vontade. :-/

laura disse...

Querido respondi lá o seu comentário tão legal. ADOREI, né?
E coisas mórbidas não colam no Rio, eu fiquei impressionada qdo vi a foto, nem quis colocar lá, sei lá quem são os caras, vc acabou sacando logo. São homofóbicos, preconceituosos, estas coisas. Detesto crentes fanáticos de qquer igreja. Bjs laura

Laura disse...

Joka, o povo protesta, mas so protesta. Na hora de votar, vota tudo nos mesmos caras. Eu acho esse negocio de ONG coisa de quem nao tem nada pra fazer. Nao tem emprego, monta uma ong, e diz que esta trabalhando. Quem trabalha nao tem tempo pra essas coisas. Quer protestar? Vota nos caras certos! Estuda o perfil dos candidatos, faz campanha. Esse negocio de botar cruz na praia ajuda em que mesmo? So faz deixar a praia feia e depre!

Mudando de assunto, muito obrigada pelo seu comentario tao gentil la no blog da Maite, a respeito da minha entrevista. Tambem adorei os gifs que voce mandou pro Paulzinho. Hehe! Muito gracinha.

Beijos

ana rocha disse...

Noooosa! Como se julgam as pessoas!
Espero que vcs nunca tenham um parente assassinado, para que não precisem protestar, mas acho que devemos ajudar a quem passou por isto...os marginais não se importam, mas a passeata, não é para q eles vejam...e sim as autoridades q nada fazem...Feias não são as cruzes, mas os corpos inocentes sem vida...

Anônimo disse...

Quanta gente alienada postando por aqui, por isso que lá fora pensam que aqui só tem samba e carnaval. Depois reclamam de Charles de Gaulle qdo afirmou que o Brasil não era um país sério! Estou com a Ana, feio não são as cruzes, mas o que está por trás de cada uma delas.