04 março 2008

Ontem ou anteontem

Lembro de quando o Rio de Janeiro completou 400 anos, ficou "quatrocentão". Eu era criança, teve um festão e os meus pais me levaram. Foi um balaco na Praia de Botafogo, diante do Pão de Açúcar.

Aviõezinhos jogavam do céu milhares de pequenos pára-quedas, com um presente pendurado. O mimo era um lenço branco de algodão, estampado com o símbolo comemorativo dos 400 anos do Rio.

Ainda tenho essa lembrança, dobrada e bem guardada no fundo de uma gaveta.

Os teco-tecos também jogavam toneladas de confetes prateados, que refletiam e faziam um efeito lindo. Parecia uma chuva de estrelas, quando eram iluminados por holofotes imensos.

Não havia raio laser.

Ninguém dava tiros pro alto.
Não existia bala perdida. Não rolava baixaria.

"Ainda não havia para mim Rita Lee, na sua mais completa tradução."

Alguma coisa acontece no meu coração.

29 comentários:

ana de toledo disse...

Ai que festinha ultra retrô tudo!
Vou também: de jardineira de veludo, camisa socialzinha com gravatinha vermelha e sapato boneca de verniz!!

Olga disse...

Eu tinha quatro anos, no quarto cente nário, mas já estava no Jardim de Infância. Aprendíamos os números. O 1 era um poste, o 2 era um patinho, o 3,nem me lembro. Mas o 4 era o símbolo do 4º Centenário...
Que família bonita. E você só cresceu, mas a carinha é a mesma!

Sonho Meu disse...

Eita...recordar é bom demais. Vez por outra vou lá no sotao pegar o meu baú de lembranças.
Voce era uma criança muito muito bonitinha. Morei aem Ipanema de 1976 a 1978 e tambem nao existia essas balas perdidas e nem os traficantes de drogas. Eita tempo bom !
bjos,
me

eduardo disse...

Lindo post... eu gostaria de viajar pelo tempo e conhecer outros carnavais...

Angela Ursa disse...

Jôka, fiquei emocionada com o seu relato sobre o IV Centenário do Rio, o clima de festa, sem violência. Adorei todas as fotos! Beijos da Ursa :))

bueno disse...

engracado, eu me lembro de tudo isso, especialmente dos paraquedas caindo e as crinacas correndo atras. o que acontece no teu coracao???

Klero disse...

mas gente, vc não mudou nadinha desde aquela época!! =O

aquela minha foto nem é tão antiga... acho que eu tinha 24 anos... não. na idade ficcionla, eu tinha... 21. xD Porque ahora tenho só 23...

DO disse...

Pode ter certeza que não foi so no seu coração que algo aconteceu,JÔKA.

Muuuita coisa mudou.
E pra pior,eu diria.

Abraços!

Mônica disse...

já te disse que adoro qdo vc escreve assim...

Sonia disse...

Jôka, que post mais inspirado! Me lembro desta foto de sua família... e que família bonita!
Você continua igualzinho! Muito lindo!

Eu me lembro bem das comemorações do IV Centenário de São Paulo, com chuva de triângulos prateados caindo do céu e eu e minha irmã correndo para apanhar... Pena que eu não guardei a lembrança, como você guardou os lenços...

PS: Eu usei também um penteado igualzinho ao da sua mãe!

Eugênia Franco disse...

Jôka,
gosto muito desse lado do JÔKA. Desse post nostálgico, poético.
Estava sentindo falta de uma homenagem sua ao Rio. Demorô!

Ritoca disse...

Oi Jôka!

Eu AMO estes seus posts retrô! As fotos são lindas. Eu tb me lembro da data, era pequenina e não fui na festa porque morava longe. Não tenho o lenço guardado, mas, tenho a lembrança das comemorações na TV e o símbolo que se via em todos os lugares naquela época.

Bjs

Paçoca disse...

Lindas fotos. Uma vez eu li uma frase que dizia assim:" A minha memória é a do coração. Guardo fiellembrança de tudo quanto amei." Uso bastante esta frase. Até quando eu não amo mais! Um beijinho da Paçoca

Fictícia disse...

Puxa, tuas lembranças são lindas !! E tua família também !! Lindas as fotos !! Elas falam bastante, por incrível que pareça... !! Um abraço !

« grands ¥eux disse...

ai que guti eh o sorrisão na foto criancinha>

*nhac!

Silvia disse...

sessão nostalgia!!

Alziro Patafisico disse...

Comovente. Adorei tudo. O Rio bem que podia voltar a ser assim.... Sem saudosismo barato, apenas lembrando de tempos melhores. E o lencinho é muito lindo.

palpi disse...

Louro, vc sempre foi tão lindo. A família toda é linda. O Jonas era uma coisa de louco, hein? Uau! Estou contente por ele ter voltado com o blog, porque eu gosto de aprender com quem entende. Maravilha.
Beijo da loura.

Dani disse...

Tempo bom, não é mesmo? Meus pais também têm lembranças muito boas da época em que ainda moravam no Rio, e sentem muitas saudades daquela cidade das décadas de 50 e 60...
Suas fotos são lindas, Jôka! Família perfeita!!! :-)

Grande beijo.

Luci Lacey disse...

Joka

Mas vc deve ter sido um menino levado, estes olhos estao falando muito.

Beijinhos

Angela Ursa disse...

Jôka, vim pegar uma brisa marítima aqui na sua Copacabana. Na Floresta, o calor está grande, as folhas das árvores não balançam nem um pouquinho. Beijos da Ursa calorenta :))

Hands of Time disse...

que demais as fotos!!!

moça com brinco de pérola disse...

amo muito..... seu blog , suas fotos , td que vc escreve. bons tempos aqueles..... um bju p vc que toca o meu coração.....

má R. disse...

no meu coração também Jôka, no meu, também.

Laura disse...

As lembrancas da infancia sao preciosas, nao eh Joka? Eu gostei especialmente das fotos que tem voce e sua familia.
Lindo!

Raffer disse...

Belos registros!

Engraçadinha disse...

lindo post, lindas recordações. sinto saudade tbém desse Rio q não vivi!

Alberto Pereira Jr. disse...

saudosismo bom né?
lindas fotos..
família distinta

;)

Chris Pessoa disse...

Nossa, que delícia deve ter sido esta comemoração. Era uma época melhor, com certeza.