06 junho 2008

Um Coração Urbano



“Fecho os olhos e vou pincelando um céu de ano novo, os pontos de luz se abrindo no céu, como flores brilhantes.
Jôka chorava no Posto 6, já bem perto do Forte de Copacabana, depois da Rua Rainha Elizabeth. Eu passei o braço por cima de seus ombros que subiam e desciam, saltando no ar, com os soluços e os espasmos do pranto.
Acima de nós, o céu era um jardim todo colorido.
Sem saber o que fazer, eu ia repetindo baixinho: já passou, já passou, como quem diz uma reza.
Lembro dos olhos do Jôka, um verde azulado boiando no mar de suas lágrimas.
À nossa frente o ano bom de tempos atrás.
E, anos depois, num outro céu de réveillon, era eu quem chorava e era o Jôka que me amparava.
Uma mão lava a outra.
E um ombro se empresta com generosidade.”


Miguel Falabella – “O sorriso do gato no ano bom” –
28 de dezembro de 2000


Fotos - Môka P.

Passarinho

24 comentários:

Cristina, nascida e criada em Copacabana disse...

Nada melhor do que ter um ombro amigo para chorar.
Ao ler o título lembrei-me imediatamente desse seu maravilhoso amigo que publicava num jornal uma crônica com esse título. Era leitora assídua. E, coincidência, tantos anos depois sou assídua sua que é amigo dele!
Belas as fotos, também.
Cris

Jôka P. disse...

Você dorme tarde, hein, Cristina !
E está uma noite fria aqui em Copacabana, não é ?!
Obrigado por suas palavras.
Um beijo pra você.

Luci Lacey disse...

Joka

Eita abraco gostoso.

A vida e assim... feita de aconchego, carinho, reciprocidade.

Lindos vcs!!

Beijinhos e bom final de semana.

Angela Ursa disse...

Jôka, uma linda amizade a de vocês! :)) Obrigada por compartilhar o relato desse momento! Também adorei as fotos. Beijos e carinho da Ursa da madrugada!

ana de toledo disse...

Lindo e comovente! Dessas coisas boas de ler !

Anônimo disse...

Jôka,fiquei viciada em visitá-lo diariamente.Espero que não tenhas precoceitos com os mais velhos e peço licença para ficar neste mundo mágico da "intermigos"junto com você (internet e amigos virtuais)Sou carioca e quando posso vou apreciar esta beleza em que voce tem o privilegio de viver.
Tenha um bom final de semana com sua familia.
Beijoca.
Nilda.

DO disse...

Belas e saudosas lembranças,hem JÔKA. Grande abraço!!

palpiteira disse...

Tenho sido tão egoísta, comigo e com todos. Não choro nos ombros de ninguém e não permito que ninguém chore nos meus. Uma cruela! Tsc.
Belas imagens... aquele abraço.
Beijo, Lourão!

Davi Arloy disse...

Nem me fale na Rainha Elizabeth, fico diariamente uns 20 minutos preso nela por causa daquelas obras infernais ai de Copa.

Junda

Eugênia Franco disse...

Belo post, lindas fotos. Como adoro o Miguel, fico a imaginar como deve ser bom tê-lo como amigo.
Beijos!

Diz disse...

Eu tb fui leitora do Fallabela, gostava das suas crônicas.
E seique vc me daria seu ombro amigo agora.
Uma hora vc vem aqui, quem sabe oueu volto ai.
Ou Paris? quem sabe...
Bjos Laura

A injusta ! disse...

Em retribuição a sua visita ao Saia Injusta, venho aqui ver quem você acha que é né? E realmente depois que inventaram o photoshop qualquer um(tipo você ou uma pessoa que está sujeita a andar de coletivo, van ou onibus) pode tirar onda de artista plástico. Cara, quanta pretensão a sua fazer um tipo de comentário daqueles.

Enfim, pra quem diz que o ideal de perfeição é um modelo de Ken ou Barbie... peço um favor, não se dê ao trabalho de visitar nosso blog e escrever suas marmotices!

Afinal não precisamos de fama a qualquer preço.

Ritoca disse...

Oi Jôka!

O que me resta acrescentar à essas lindas palavras e imagens?...nada.

Uma vez li em algum lugar que ter uma amizade assim é uma benção. Vc e Miguel são abençoados, sabem que podem contar um com o outro em qualquer tempo.

Obrigada por compartilhar conosco essa emoção.

Abraço e um lindo finde prá vc.

dudv disse...

Que amizada bonita... Parabéns!!!

Liliane de Paula disse...

Jôka, acho que não tenho amizade assim. Já chorei (e choro)muito mas, sozinha. Sem ombros. Não lembro de ombros me amparando.
Liliane

lou carrigan disse...

Jôka. qué fotografías tan preciosas estás poniendo en tu web, eres el gran artista de siempre.
Yo sigo leyendo tu página cada semana, pero hace tiempo que no sé nada de ti directamente.
Deseo que estés bien, con toda tu familia..., y sin olvidar a Cindy.
Te envío un afectuoso abrazo.
LOU CARRIGAN

Anônimo disse...

Fundamental essa troca gostosa de ombros...
Amigo é tudo!
dias lindos e carinho em Gigi
beijos

bueno disse...

lindo...

quero chorar, nao tenho lagrimas
que me rolem na face pra me conformar.
copacaba é distante. e a distancia é fria.
na rua, pombos catam restos de comida enquanto eu...
ah, depois!

Cristiano GO disse...

Lindo demais !

Sweet! disse...

Amigo é mesmo tudo de bom, Seu Jôka. Mesmo.

Chris Pessoa disse...

Nossa, Jôka! Este últimos posts estão querendo acabar com o meu coração e me matar de saudades do Rio! Que fotos lindas!
Uma delícia o texto do Falabella! A amizade é uma coisa linda!

Helena disse...

Sabe tão bem ter um amigo com quem chorar!

Thaisinha disse...

Oi Jôka, tudo bom? Já tinha visitado seu blog há muito tempo (Miguel nos apresentou uma noite dessas, saimos todos pra comer alguma coisa e vc me deu um cartão com o endereço do site), mas na época entrei e não deixei nenhum comentário. Hj, perambulando e fuçando pela internet, eis q caio aqui novamente e me vejo de "figurante" nas fotos deste registro de carinho e amizade entre vc e Miguel.
Bom, adorei reencontrá-lo por aqui. Vou vistar sempre.
Beijos

Polly disse...

que lindo!!!! uau:)