19 janeiro 2009

Fashion Made in Brasil


Assistindo a Fashion Week pela televisão, senti até um certo constrangimento pelas roupas ridículas, de um mau gosto inenarrável que os modelos eram obrigados a desfilar. Coitados ! O que é aquilo ?
Que coisa lamentável ! Uma palhaçada medonha !
Só posso concluir que a moda brasileira é que nem o cinema nacional: fraco, chato e cafona.


Shortinho dourado ou colete de miçangas ? Você usaria ?

25 comentários:

Angela Ursa disse...

Jôka, o primeiro modelo da foto superior parece um palhaço. Muito esquisitas essas roupas. Quanto aos filmes nacionais, ainda existem alguns bons. Beijos da Ursa

DO disse...

Realmente eu jamais usaria estas coisas,JÔKA. Alias,bem que podiam começar a usar uns modelos mais cheinhos,né??

rsss

otima semana!!

paçoca disse...

Gosto muito do cinema nacional. Quanto a esta moda apresentada aqui "prefiro não comentar!!!! Boa semana e que o sol só derreta as minhas banhas e deixe o resto esticadinho.

Lu Olhosde Mar disse...

pelamor.esta moda é de dar dó.bju!

Rafa-RJ disse...

Jôka, não usaria nada disso porque tenho noção do ridículo. E quanto ao cinema nacional, até assisto bastante, mas posso contar nos dedos das mãos os filmes brasileiros que achei realmente bons. Excelentes mesmo só uma meia dúzia de três ou quatro. Abração!

Gená F. disse...

Jôka,
este desfile foi de matar, mesmo! Mas o da Cocci, da Cori e da Osklen estavam lindos!
Beijos e boa semana!

M. disse...

Bem que vou bastante ao cinema e tento insistentemente gostar de filmes nacionais, mas já cansei de ver histórias passadas em favelas e ambientes miseráveis, com conteúdos deprimentes e violentos, muito semelhantes entre si. E essas comédias toscas tipo Se eu Fosse Você 1, 2, etc me recuso a ver! O último filme brasileiro que achei realmente bom foi Central do Brasil, mas isso já faz muito tempo.
Não uso coletes de miçangas e shorts dourados nem no carnaval.

dudv disse...

Não sei nada de moda, alguém pode me explicar uma coisa, a pessoa faz essas roupas como uma obra de arte e não como uma vestimenta? Por que, quem vai usar essas roupas estranhas? A moda se apropriou dos conceitos das artes plásticas e então a passarela é uma exposição de obras também? Desculpa é que sou muito ignorante no assunto. Enquanto os temas do cinema nacional, eu preso pela diversidade e não os temas batidos, que são fórmulas de sucesso para ter projeção internacional.

Laura disse...

HAHAHAHA, ai, ai, Joka, ri tanto com esse seu post. Realmente. Eu nao usaria nao. Vixe!

Autor disse...

Oi, rapaz!
Sou de Petrópolis, mas estou sempre no Rio e amo Copacabana.
Muito bom o blog, adorei tudo aqui.

Quanto às roupas, realmente, não usaria NADA, hehehe
Abraço

anlene gomes de souza disse...

Que isso Jôka, não seja monolítico e antiquado rapaz. Moda é assim mesmo, o que é feio depois todo mundo acha bonito.
Confesso que o colete de miçangas por cima do camisão "doirado" é mó legal. Já pensou se fosse com miçangas em forma de calcação de Copa? Bom, já dei uma idéia... :)

Ricardo Mantler disse...

Nem na buátchi!

E aí, tudo em paz?

Raffer disse...

Cafona, cafona, cafona! Ultra cafona!

janaina de almeida disse...

Pois é , Jôka,
esse povo não se acha que é alto, lindo, vai à boate "Baronete"às quintas feiras na esperança de receber um cartão do "olheiro" Sérgio Mattos para uma seção de fotos sem compromisso?Então.Agora aguenta e sem reclamar...
Beijos.
p.s.:o cinema brasileiro poderia fazer muiot mais, beijos.

Marcia Paula disse...

Jôka:

Isso me lembra que alta costura não é para ser usada(e ninguém usaria mesmo),até os grandes estilistas vendem mesmo é aqueles pretinhos básicos(se bem,que não dá pra chamar assim uma grife famosa).Também fico com muita pena dos modelos,imagine que teve um sujeito que sujou o cabelo dos modelos de gordura certa vez...afff!

Ritoca disse...

Oi Jôka!

Tem estilista que viaja mesmo na maionese...querem bancar os "originais" e perdem a mão. Ou é falta de gosto e senso estético mesmo...Os modelos destas fotos que vc postou estão terríveis!

Abs

Celinha Baleia disse...

Não quero saber de desfiles de moda e muito menos de cinema brasileiro.
O meu negócio é sexo, feijoada, macarronada, mocotó e rabada.
Beijos da sempre sua
Celinha B.

Danilo disse...

Prefiro encarar um short dourado que um filme nacional.

Alziro Patafisico disse...

Eu não ia comentar essa desgraça, aliás, nem vou mesmo. Cruzes!!!

Olga disse...

É pra lá de ridículo, mas ninguém veste isso fora de passarelas, né? Exceto o Mick Jagger e, mesmo assim, só em show.

Ultra Violet disse...

Querido, acho q tu não entendeu a gravidade da situação, não se trata apenas de um personagem montado num blog para "brincar" com seus leitores. Mas sim, uma pessoa q ultrapassa o mundo da blogosfera para brincar com a vida de pessoas na vida real.

Tomara que um dia, nem você, nem alguém de quem gosta muito caia nessa armadilha.

fique bem.

janaina de almeida disse...

Lembrei:adorei os cachorrinhos. Agora tem um vizinho novo aqui no meu prédio, um gatinho de rua muito fofo, uma gracinha.
Beijos.

bueno disse...

A moda é como a arte: Incompreensível. Eu sei que nao é sua opiniao, mas lembra as coisas dos catwalks de haute couture

. fina flor . disse...

ah, Joka, eu acho que nossa moda tá crescendo muito :o) e sei que você sabe que as roupas não são para usar como estão na passarela, né?

ok, umas coisas são bregas, mesmo, mas tem muita coisa bacana rolando.....

beijos e boa semana,

MM.

Anônimo disse...

Não só usaria como abusaria.