07 janeiro 2009

Noites Cariocas

Revirando algumas gavetas encontrei essas fotos de meus pais. Foram feitas na década de 70, em algum night-club carioca, provavelmente o Vivará.
É exatamente como estão nessas fotos que vejo os meus pais, toda vez que penso neles. Juntos, jovens, lindos, chiques, glamurosos e felizes. Pra mim eles são assim.
E é assim que eles permanecerão pra sempre, na minha mente e no meu coração.

29 comentários:

Angela Ursa disse...

Jôka, seus pais estão um charme mesmo nessas fotos! :)) Beijos da Ursa do amanhecer

paçoca disse...

Querido Jôka,
gosto muito desta frase: "a minha memória é a do coração, guardo fiel lembrança de tudo quanto amei!" eu não sei de quem é a frase li num caderninho de anotações de uma tia do marido. Boas lembranças são para as pessoas felizes. um beijo da Paçoca
ps: cadê aqueles cachorrinhos com perucas Lady?

DO disse...

Faz muito bem,JÔKA!!

Lu Olhosde Mar disse...

meus pais tem umas fotos assim tb, rss... anos 70... era o máximo fumar...manter um jeitão blasé...rss

um beijo, loirão!

Too-Tsie disse...

Sabe que eu pensei nisso outro dia?
Minha mãe será eternamente jovem, nunca com cara de vovó, onde quer que esteja.

ana de toledo disse...

Ai que lindosss! E Gigi com esse cigarrão um luxo só!!!hehehe
Não podia imaginar que ela fumava!!!
Beijos especiais pra ela.

Ritoca disse...

Oi Jôka!

A memória afetiva da gente não precisa seguir a razão.

Adoro ver foto antiga. Vendo estas fotos de seus pais, a gente entende porque vc e Môka sairam tão "caprichados"...rs

Bjs

GUGA ALAYON disse...

olha o jokão!
Sua cara!

Mônica disse...

chiquérrimos....

* seu comentário lá no pasto me fez rolar de rir...

dudu oliva disse...

Eu faço a mesma coisa que os meus pais.

Ralph Luis disse...

bela homenagem!
bjks

Linda Carioca disse...

Amei !

bueno disse...

Joka, eles tao mais jovens nessa foto do que a gente hoje em dia.

Ciça Donner disse...

Deve ser porque a gente é teimoso Joka: teima em ser feliz e lembrar somente dos meomentos felizes!!! E nao é maravilhoso?

Kenia Mello disse...

Jôka, que lindos os seus pais.
Também tenho umas fotos maravilhosas dos meus, nos anos 70, mas me falta coragem de procurar, escanear e tal. Me sinto mais ou menos com você, com a memória afetiva congelada nesse tempo.
Beijo.

janaina de almeida disse...

Elegância vem de berço, Parabéns pelos seus pais.
Um abarço e obrigada pelo elogio, beijos.

janaina de almeida disse...

Jôka, seu amigo Miguel Falabella está bem?soube ontem pelo jornal.Um abraço e melhoras para ele, beijos.
p.s.: a novela está legal, beijos.

Liliane de Paula disse...

Tb tenho boas lembranças de meus pais. Lembro muito do barulho que existia na casa de 9 filhos.
Liliane

Raffer disse...

O poder das fotos expressaram o olhar do fotógrafo é mágico!

Raffer disse...

Ops! ERRATA: O poder das fotos expressarEm o olhar do fotógrafo é mágico!

Sonho Meu disse...

Vez por outra vou lá no meu bau das lembranças, olhar as minhas fotos antigas. Mas sabe de uma coisa, eu tambem gosto dos meus dias de hoje, dos meus cabelos prateados, das minhas rugas e gordurinhas. É a vida...nascemos, envelhecemos e morremos !
bjs,
me

Jôka P. disse...

Elena, já pensou que legal se a vida fosse ao contrário ?
A gente nascia um velho centenário, decrépito, quase uma múmia. Aí ia rejuvenescendo. Passaria pela terceira idade, pela meia idade, pela maturidade. Aí ficava adulto, e então ia se tornando cada vez mais jovem, ao invés de ir envelhecedo. Ficava adolescente, até virar criança e finalmente morrer. A gente morreria bem novinho, um bebê, praticamente um feto. Morria anjo e voava pro céu.

Laura disse...

Lindas fotos!

Dani disse...

Charmosíssimos e chiquérrimos.
Só podiam mesmo ser seus pais.

Grande beijo! :-)

Alberto Pereira Jr. disse...

belas imagens e ótima maneira de lembrar dos seus pais

:)

D. disse...

POis é, era chic fumar, até eu fumava em boites, ia ao Jirau, já te contei, ia muitoooo amanhecia lá, via o nascer do sol, mas não era pinguça, odeio perder o prumo. saia com cheiro de fumaça até na alma.
Era apaixonada por uma amigo gay,Carlinhos, a gente ia junto, ele era bi, às vezes me namorava, nada de sexo, óbvio. hihihi
eu sinto amor por ele até hj, já morreu, mas é difícil esquecer figura tão forte e bela.
cBjocas na família linda, todos são, sua irmã é um pitéu tb, e não sou sapata, vc sabe hihihi
PS:tive que escrever:
canizeds
ai em baixo, não é fácil, cara hihihi

Mari disse...

Jôka,
A família P. é luxo!!!
Beijos em todos!

Luci disse...

Jôka,
eu adoro ficar olhando, buscando as semelhanças...4 P´s muito bonitos e de olhares profundos - e não é mágica do fotografo!
bj

Laura disse...

Agora que me toquei que a tua mae esta parecendo coma Dina Sfatt nessas fotos. Linda!