15 março 2009

Lactobacilos vivos

Vi Slumdog Millionaire (Quem quer ser um milionário?) em dvd e fiquei feliz por não ter saído de casa pra assistir aquela droga. Detestei, acho que foi a coisa mais imunda e a pior porcaria que já assisti na vida. Quase desisti de ir até o final, mas continuei, achando que iria melhorar. Nada disso, só piorou, e muito.
Afinal, quais foram exatamente os muitos Oscars que esse filme insuportavelmente escroto e nojento ganhou ?
Aconselho Slumdog Millionaire somente pra quem tiver interesse em cenas intermináveis de miséria, favelas paupérrimas, tortura, covardia revoltante e crianças literalmente cobertas de cocô, como Chicabons humanos.
Bem vindos ao grande desafio Actívia !


31 comentários:

Marcelo Holanda disse...

Muita gente que foi pessoalmente ao aniversário da Hebe falou a mesma coisa!! Preferiria ter visto em DVD !!

Vai saber, que povo louco !!

Alziro Patafisico disse...

Eu não assistí ao filme,e nem vou, mas adorei!! E que péssimo humor seu Jôka...

Marcia Paula disse...

Jôka:

Baixei esse filme na net no dia do Oscar.Santa Margarida Miudinha,que droga!Detestei,parece filme nacional.Bem na linha miséria pouca é bobagem.Beijos.

Clarissa Dalloway disse...

Ai, eu não vi o filme!
E agora... não vou ver!
É mesmo tão ruim assim???
É, se você tá dizendo eu acredito!
Parou de chover? Deu praia hoje? Partiu pegar um sol e tomar um chopp!
Beijos

dudu oliva disse...

Eu sou a adepto da teoria da conspiração, na festa de Oscar, sempre rola interesses que não só são voltados para arte cinematográfica. Por que este interesse pela Índia?

Laura disse...

Ainda nao vi esse filme, mas estou curiosa. Ja chegou em DVD? Sera que chegou em DVD aqui tambem? Tenho a impressao que saiu em DVD ai primeiro. Interessante isso.

elaine disse...

amén! alguém que não gostou dessa escrotice além de mim!
e ganhou oscar de melhor filme!

eu não tinha me dado conta do nome do diretor, sou um pouco desligada nessas coisas, e quando cheguei em casa e fui conferir na internet que vi que era o mesmo do trainspotting. o cara é escatológico e ponto final. lambra aquelas duas cenas do cara viajando que entrou na privada pra recuperar a droga que tinha caído nela, e a pior de todas, a cena do colchão estorando na mesa do café da manhã?
na hora que liguei os pontos, caiu a ficha, se é disso que o mundo gosta, eu serei sempre underground e com muito orgulho!

beijos!

elaine disse...

errata:

"lembra" e "estourando"

:-)

Ana Maria disse...

Eu também não entendi o Oscar de melhor filme para Slumdog Millionaire, mas assisti o filme numa boa. Tem umas cenas desnecessárias, é repetitivo e força a barra na miséria. Concordo com você. Só não achei essa porcaria toda, não.

Phophina disse...

Ah, Jôka, mas onde é que a festa do Oscar ocorre? No primeiro mundo, claro, onde ninguém nunca viu uma favela e paga ate´ por uma excursaozinha pela Rocinha. Acham que é cultura assitir ao quinto mundo de camarote. Eu é que nao vou ver essa coisa, prefiro algo mais light e mais limpinho. Boa semana para você, Phophina

Hebe disse...

Amei de paixão, achei uma gracinha, lindo de viver!
Um beijo no seu coração!

Rafa-RJ disse...

Porque será que os dramas nos emocionam mais e funcionam muito melhor quando acontecem com gente fotogênica e em cenários ricos e bonitos?

luka disse...

Concordo plenamente. Uó. não dá para entender como esse filme foi tão aclamado.

a vizinha morrendo de calor disse...

Uia, bom saber. Vou esperar para ver em DVD. É o tipo de filme que, pelas opiniões que já li até agora, o povo ou amou ou odiou.

Lu Toledo disse...

DVD?!

Angela Ursa disse...

Jôka, eu ainda não assisti ao filme, mas estou curiosa para ver. Porque está causando polêmica mesmo. Muita gente está criticando o filme e sem entender por que foi premiado. Beijos da Ursa da meia noite e meia :))

a escrota disse...

adoro porcarias de todos os tipos!

paçoca disse...

Querido Jôka,
o Patafísico tem razão! Que humor hein?!!! Parece até que vc não tomou seu activia hoje!!!Bjs Paçoca

D. disse...

É Jôka... e eu que paguei pra ver esse troço?! Da próxima vez que quiser ver um filme ganhadordequatrocentososcars, eu vou apelar pro Uruguaiana way of life. Bjo

Danilo disse...

O que é aquela cena inicial dos moleques correndo atrás de uma galinha pelos becos da favela? Em muitos momentos achei uma cópia descarada de Cidade de Deus, só que é uma imitação ruim. Danny Boyle, o diretor, até teve a cara de pau de afirmar em uma entrevista que viu várias vezes Cidade de Deus e que admira muito Fernando Meireles... hã rã... muy amigo.

Cris Madame disse...

Então nem vou me preocupar em assistir !!! Messssmo !!! Me poupem !!!! Abraço !

M. disse...

Jôka achei o filme uma mistura de "O meu melhor amigo" (um filme francês que tem em sua estrutura um show do milhão com uma situação idêntica aquela de “para quem quer telefonar para pedir ajuda na última pergunta”') com o ótimo Cidade de Deus. O grande vencedor do Oscar deste ano, “Quem Quer Ser um Milionário”, faturou oito estatuetas na premiação de Hollywood, além de também ter conquistado o Globo de Ouro, o BAFTA e o Festival de Toronto. Com tantos troféus, a maioria das pessoas deve pensar: “Nossa, esse deve ser o melhor filme do ano mesmo”. Mas não é, e passa bem longe disso.

Anderson disse...

Eu não assisti esse filme.
Muito obrigado pela dica, nem perderei tempo.
Excelente semana!

Polly disse...

foi culpa da globo...
comprou o Oscar pra aumentar audiência de caminho das índias.

eu gostei do filme, Jôka!

Linda Carioca disse...

Querido Jôka ! Tudo bom contigo ?

Passei um tempo longe dos blogs e hoje vi seus posts. Pra variar, adorei todos, em especial a que fala do melhor invento para as mulheres.E sendo assim, lembrei do livro que estou lendo pois ele fala um pouco da igreja católica e é de causar arrepios o quanto a igreja era atrasada (se vc ler e pensar nos dias de hoje, verá que ele evoluiu sim, e muito !)

O nome do livro é: A cama na varanda, da autora Regina Navarro Lins. No primeiro capítulo, ela fala sobre a mulher e o homem, (desde o início dos tempos até a era atual), fala também sobre as religiões e em todas as crenças que haviam, os relacionamentos das épocas passadas até a atualidade.

Bom, na época em que a igreja católica "surge" (digamos assim, já que nada simplesmente "surge") o prazer e o sexo eram altos pecados e a igreja fazia de tudo para evitar que as pessoas transassem (mesmo sendo casadas !). Tanto é que os teólogos diziam " ... abstenção do sexo nas quintas-feiras, em memória da prisão de Cristo; nas sextas-feiras, em memória da sua morte; aos sábados, em honra à Virgem Maria;aos domingos, em homenagem à Ressurreição e às segundas-feiras em comemoração dos mortos.

As terças e quintas eram amplamente abrangidas por uma proibição de relação sexual durante jejuns e festivais- os quarenta dias antes da Páscoa, Pentecostes e Natal; os sete, cinco ou três dias antes da comunhão, e assim por diante !"

Imagina só !

Olha, o livro é muito bom ! E não estou ganhando nada pela propaganda, viu ? Beijo !

Linda Carioca disse...

Ah, lembra que tu falou uma vez " Se tem passarinho é por que não tem gatinho em casa ?"

Agora temos uma gatinha, Alice Sophia !

BJS !

Klero disse...

Eu sou a favor de cores. Flmes marrons me cansaaaaaaam e me entediam. Se eu assistir Slumdog, vai ser por puro acaso!

DO disse...

As opiniões sobre este filme estão divergindo de 8 a 80. Impressionante!!
Não me animei a ver não.

Abração,JÔKA

Olga disse...

O livro é bom. Mas não creio que funcione em filme. O livro é um épico muito crítico, bem no estilo
"Candide", de Voltaire. É duro. E engraçado também.

BHY disse...

O filme é uma bosta, literal. ;-)

GUGA ALAYON disse...

Eu gostei.