30 abril 2009

"Volta do mar, desmaia o sol, e o barquinho a deslizar.

É a vontade de cantar...


Céu tão azul, ilhas do sul, e o barquinho é o coração deslizando na canção.
Tudo isso é paz, tudo isso traz uma calma de verão.
E então ...


O barquinho vai, e a tardinha cai


O barquinho vai, e a tardinha cai..."



( Ronaldo Boscoli )

Fotos de Copacabana - Jôka P.

25 comentários:

susi disse...

Quero acabar meus dias num lugar assim, na beira do mar.

janaina de almeida disse...

Poesia em fotos,e estava chovendo.Beijos, tenha um excelente feriado.

Tina disse...

Oi Jôka!

A música é linda e as fotos também. Parabéns!

beijos querido e bom feriado,

Sonhar é Preciso disse...

Barcao e nao barquinho...é algum transatlantico ?

Clarissa Dalloway disse...

Wow!
Como você pode ser tão poético, menino mau? Me conta?
Já fiquei viajando em toda sensibilidade caótica carioca que me habita, e mais em toda a Antropologia que vivo por dever de ofício, e pensei nas contradições de Copacabana, do Rio, do Brasil... A cena do ambulante saindo de cena, ao mesmo tempo em que o transatlântico luxuoso se move lentamente, "o barquinho vai, a tardinha cai..."
Você vê o que faz comigo? Quase choro. E a-do-ro!
Beijo, bom feriado!

Alziro Patafisico disse...

Adorei!!! Fotos lindas. Um certo clima de mist[erio no ar. Lindo!!!
Mas detesto o Ronaldo Boscoli....

Chris Pessoa disse...

Adoro esta música, Jôka! Ai, que saudades do Rio... não vou poder ir aí tão cedo. :-(
Pelo menos tenho o seu blog para martar um pouco a saudade. :-)))
Bjo!

bueno disse...

ah, que lindo, que saudade, que blog mais bom, seu!

Márcia(clarinha) disse...

Fantásticos cliques de um lugar fantástico, atchin!
Poético JÔka até quando coloca o gripado menino fofo, rssss

lindo dia querido com carinho em Gigi,
beijos

a virose tentou me detonar mas acabei com ela e voltei ;)

Marcia disse...

Jôka:

Aqui em Sampa a carne de porco está diminuindo de preço...às vezes a ignorância é uma benção...rsrsrs.\o/Viva o Porco!Abaixo a gripe!

Lila disse...

saúde,Jôka!
aqui tá friozinho... e nada de barquinho...rs.
beijo e bom feriado!

Angela Ursa disse...

Jôka, eu adoro essa música. O entardecer em Copa em lindo mesmo. Beijos e xô para a gripe suína!!

Phophina disse...

Como nao dá para andar neste barquinho(!), me contento em comprar uma coisa neste camelô passando (o camelôzinho vai, o limao e mate e biscoito também vao...). Pensei até que o navio era um Ovni no horizonte copacabânico....

Bom feriado aí, porque aqui o dia estava uma delícia!
Phô

janaina de almeida disse...

Jôka, entendo profundamnete a sua sensibilidade em não conseguir ver o filme até o fim porque é pra chocar mesmo e até repensar se pena de morte é válido ou não, pois o detento foi punido injustamente.O restante do filme, Jôka não foi bom no sentido de ser água com açúcar, mas não foi mesmo.Um dos agentes penitenciários do filme é um imbecil , e como tinha implicância com um dos presidiários,sabotou a execução e o cara virou churrasco, foi uma cena impactante, horrível.Mas a cena que foi de partir o coração foi quando o negro foi executado e ele cantava a música do filme,e antes disso conversou com o personagem de Tom Hanks sobre as maldades do mundo, bem de acordo coma atualidade.
Bom, espero que tenha respondido bem à sua pergunta.Beijos, bom feriado, um abraço.

Linda Carioca disse...

Lindas fotos...

Liliane de Paula disse...

eita! Como gosta das suas fotos. A moça comendo pastel. A vendedora de sorvete com seus cabelos enormes. E o barco iluminado lá por trás. Liliane

A Vizinha Viajadeira disse...

Vizinhoooooo! Tô em SP! Amanhã espero encontrar o Miguel Andrade!

Anderson disse...

Gostei demais das fotos e da combinação com a música!
Dá vontade de estar em um lugar desse!
Excelente fds pra vc!

franka disse...

nossa joka... as coisas que você vê.
sem dúvida o melhor olhar sobre copacabana que eu já achei na vida.
beijo, querido.

DO disse...

Arrasou na postagem,JÔKA!!

Abraços!!

Páris Alexandre disse...

Post brilhante... como você.

Pena as granulações das fotos.

Estou sempre por aqui, embora quieto.

Saudações!

Ritoca disse...

Oi Jôka!

Gostei muito da combinação de música e fotos. E a última é genial. Parabéns!

Qto à gripe suína, Xô com ela daqui!

GUGA ALAYON disse...

esse ficou...

Engraçadinha disse...

Eu não me importaria nem um pouco em andar nesse barquinho.
Olha só, resolvido o mistério. Eu te seguia anonimamente.
Agora me diga: Com ordem de quem eu era anônima. Logo eu? Anônima?
Eu posso ser tudo, menos anônima!
Whatever...

Anônimo disse...

Olá, Também adorei as fotos. Conheço a vendedora de sorvete, ela é moradora do famoso Barata Ribeiro, 194. rs.

Abraços.