05 fevereiro 2007

Cúmplices do destino

Gosto de ler todas as notícias sobre Adriana Almeida, a femme-fatale do ganhador da Mega Senna, com seus interlaces coreanos e o olhar 43.
Acho que Renné Senna também é meio culpado nesse caso.
Pelo menos cúmplice de seu destino trágico de novela peruana ele foi.
Ingênuo, o quase mendigo boçal transformado em miliardário alimentou sua vampira.
Caiu como um patinho na armadilha sensual da megerinha e se deu mal.

Li hoje no jornal O DIA que a assassina era prostituta de um inferninho de décima quinta em Niterói. Foi lá que o pinguço conheceu Adriana, que acabou virando a garota de programa predileta do futuro milionário.
Em julho de 2005, ele ganhou a fortuna e seis meses depois, tirou sua escolhida do puteiro e se casou com ela.
O nouveau-riche a levou para a fazenda de R$ 9 milhões, decorada em laca de altos brilhos, nos cafundós de Rio Bonito.
A louraça belzebú até conquistou o ganhador da Mega Sena mas matou burramente a sua galinha dos ovos de ouro.
Tolinha ! Babau !


Agora Adriana está dividindo uma cela na Polinter com a patricinha do pó e a vovózona da maconha.
Tornou-se a favorita da chefona da cela, é tratada a dedo.
Pelo menos ninguém mais toca nela.
Só a búfala furiosa conhecida como Chico Dedão.
Adriana não dá um pio.
Dorme no chão e come quentinha de purê frio com barata cascuda.
Lá óbviamente não tem chapinha, hené, escova de chocolate e nem água-oxigenada.
Em breve não restará mais nada, mais nenhum vestígio de glamour suburbano na viúvinha.
Os jeans da Gang estarão em farrapos.
E os cabelos louros de mega-hair darão lugar a uma carapinha pixaim.
Adriana não poderá mais voltar ao puteirinho de Niterói.
E então ? E depois ?
Não há então.
E nem depois.

34 comentários:

Eliana Machado disse...

Boa Noite, Jôka
Eu não tenho nem idéia desta história, estou tomando conhecimento aqui no seu blog.
Infelizmente a ganância pelo dinheiro, pela fama, pela vaidade, enfim por essas coisas que toda hora se ver nos jornais e tv, muitas vezes têm um fim muito triste, quando não trágico.
Que sirva de exemplo pra não se fazer o mesmo.
Felicidades,

Mônica disse...

armou e se deu mal...bem feito pra putona de quinta!

Janaina de Almeida disse...

Jôka meu querido,
eu me ligo muito em dats, e amanhã fará um ano que comecei a acompanhar o seu blog e me lembro até do primeiro post que li "POBREMA DO SHOW DI GRÁTIS".Adorei muito vc apartir dai.Lembra da Jocilene Furibunda?e aquela senhora que me presssão na Sendas ? Ainda está lá?Muito engraçado.
E quanto aessa criatura...ela foi muito burra mesmo, também , o que esperar de uma garota de programa que ganahva 20 reais por hora?
E há mais coisas meio estranhas neste caso:ele não ajudou ninguém da família, nem a filha...
Mas nada nada justifica fazer o que essa criatura fez...
Mil beijos euma boa semana,
Janaina de Almeida, Vila Isabel.
p.s.:pena que o blog de seu vai via acabar.beijos.

Jôka P. disse...

Janaina, então hoje é seu primeiro aniversário de comentarista aqui no blog ! Parabéns !
Quem ganhou presente fui eu com a sua visita !
Beijos e obrigado pelo carinho !

Jôka P. disse...

Tive que colocar as letrinhas chatas de confirmação de comentários porque estou sendo invadido pela praga dos anuncios de Viagra, Cialis, links e todo tipo de spams.
Também detesto esses "varal de letrinhas", mas foi necessário.
Desculpem o incomodo, tá !

Cássia disse...

Jôka, também adorava ler os pockts books da Baby. E, sim, capas lindas...

A loira já tem apelido aí no Rio, né?! Égua loira?!

Boa semana.

Mônica Montone disse...

Nossa, eu que não acompanheio caso fiquei sabendo de tudo aqui. Obrigada, Joka, querido!

beijos e beijos

[boa semana]

MM

ps: você sempre seleciona uma fotos ótimas, seja lá de que assunto for..... ;o)

Taia disse...

Sempre achei o ganhador o feitor de seu próprio destino.
Deus não dá asas a cobra e quando dá não ensina a voar.
É o caso dele.
Veremos o que será da loiraço belzebu.
Beijo.

Eliana Machado disse...

Passando pra desejar um ótimo dia.
Felicidades,
bjs.

O Peixe disse...

Putz...eu trabalhava em frente a este cafofo quando era bancário. Você passava em frente ao prédio (a entrada do predio na realidade fica nos fundos da galeria)e tinha cada tribufu, dava até medo. Essa loira (??) belzebu devia ser considerada a Gisele do submundo lá :)
Agora vou te dizer viu....ohhhhhhhhhhhh bicho burrrrrrrrrooooooooooo!!!! Tinha a faca e o queijo na mão, podia ter curtido a riqueza, se fosse esperta como muitas marias chuteiras, teria ficado grávida e metade já seria dela. Agora vai curtir por muitos anos (será???) a tal de Chico Dedão (nem quero saber o porque deste apelido)
Agora fica a pergunta no ar....para quem vai a fortuna agora???

Carol disse...

Será que ela não volta? Ao contrário. Acho que depois que sair dessa, a procura por ela no inferninho pode até aumentar.

Sraake disse...

Jôka, eu também coloquei a confirmação de letrinhas, coisa que tu sabe que eu também detesto! Ainda me lembro que te fiz tirar isso daqui de tanto reclamar contigo. Pois é...me acharam os Spam! Sobre a viuva negra...ela que seu deu mau. O Renné pelo menos morreu milionário!!!! Um pouco de humor negro, mas verdade!

Leleco disse...

Jôka,

Acho que esse Renné assinou o próprio atestado de óbito.

É incrível que ainda existam casos como este. Caiu num conto mais velho do que "andar para frente".

Agora ficará aos cuidados da "Chico Dedão"...rs

Mas acredito que esse caso irá dar muita volta. Pobre quando ganha muito dinheiro, acaba juntando toda essa parentada distante. Eram 9 irmãos desse Renné, se não me engano.

Um abração,
Leleco

Kristal disse...

Pobre sempre tem muitos parentes e todos são pidões.
Como eles mesmos dizem:
"É um pobrema!"

Yvonne disse...

Jôka, estava com vontade de escrever sobre esse assunto, no entanto vou desistir. Você disse tudo. Beijocas

Jôka P. disse...

Escreve sim, Yvonne !!!
Você tem sempre um ponto de vista bacana e diferente, né.
Bj!

Dani disse...

Tem gente que não sabe mesmo ganhar dinheiro.
O que Renné fez equivale a um suicídio: ganhar aquela dinheirama, por si só, já é uma temeridade num país como o nosso. Juntar-se a um tipo como aquela Adriana e ainda ir morar num lugar lá no fim do mundo é querer MESMO viver perigosamente.
Só não acredito que ela amargue por muito tempo os dissabores da cadeia. Afinal, onde a "justiça" sente cheiro de dinheiro, tudo é possível.

Beijão, Jôka. Saudades. :-)

Ana Maria disse...

Jôka, eu acho que tem otário pra tudo nessa vida. O tal do ganhador da mega-sena não devia enxergar uma palmo adiante do nariz. Acaba de casar com a mulher e já muda o testamento?!

Angela Ursa disse...

Jôka, agora é que estou retornando à internet. Os serviços na floresta estão todos atrasados! :)) Beijos floridos da Ursa carioca!
PS: Enviei e-mail para você.

Susana disse...

Oi Joka !

Como estou morando aqui fora ha tres anos, algumas noticias nao acompanho.... estava por fora desta. Por isso gosto de visitar blogs dos amigos...
Acho tao deprimente que essas pessoas sejam tao desestruturadas que o dinheiro em suas maos, ao inves de bencao, vira desgraca.

Boa semana !

Susana

Garçom disse...

Como diria a minha mãe, você pode tirar o homem da pobreza, mas nunca consegue tirar a pobreza do homem.

Tina disse...

Jôka dear:

Seu post ficou demais! Ela vai ter o final que merece, quem mandou ter o olho maior que a barriga?

beijos querido,

Giovanni Lucato disse...

Olá tudo bem!! Nossa como ela foi burra né!! Mas no fundo cada um escolhe o destino que se tem!!! tudo de bom

Andréa N. disse...

Nossa, Jôka, que medo. Medo dela, dessa história quase absurda, mas muito real, da maldade humana...
Beijo.

DO disse...

Dura e crua realidade,JÔKA.
Abração!

Ritoca disse...

Oi Jôka!

O Renné apesar de ter ganho o prêmio milionário, continuou pobre de raciocínio e caiu no conto da égua loira. Ele foi otário, mas não merecia ser assassinado.

Ela foi burra também e matou sua chance de sair da miséria. Burro morre pastando, já diz o ditado.

Tomara que a justiça se faça e que ela fique presa. Com as leis que temos, de repente, daqui uns 5 anos tá solta pegando outro otário.

Beijocas,

Ritoca

Janaina de Almeida disse...

Jôka estou de volta,
é tanta coisa a respeito desse caso ...mas uma coisa é certa:nada justifica matar uma pessoa, mas ele cavou a própria cova, é chato adimitir isso...
Beijos e tudo de bom,
Janaina de Almeida, Vila Isabel.

Marshall disse...

concordo plenamente contigo cara, ele fui ingênuo demais!!!
Além do mais, com 52 milhões na conta, ele tinha que ter fiado muito, muito, muito mais exigente né? hahaha (podre)
abraço

Julio Cesar Corrêa disse...

Tem gente que não tem talento para ter dinheiro. A educação nos ensina a usá-lo a nosso favor. Senão ele vira o nosso maior inimigo.
gd ab

Ingrid Littmann disse...

Joka, não são muito loucas essas estorietas ou seriam reais por demaisssssssssssss. Como sempre você contou de maneira deliciosa, beijos

eduardo disse...

O que a febre por dinheiro não fz com as pessoas.

Jôka P. disse...

Você pode até tirar uma garota da zona.
Mas não tira nunca a zona da garota.

Chris disse...

Tem gente que é burra mesmo... ela tinha tudo o que queria e agora tá aí, sem nada...

Anônimo disse...

Peraí gente um coroa sem perna, cachaceiro e com aquela cara... Mesmo com 52 milhoes no bolso ela ainda era muita areia pra carroça do coroa!
Ele tinha q ter arrumado outra pernetinha, ia tá de prótese uma hora dessas e de vez em quando traçava a loirinha quando quisesse!
Deu mole mesmo Rene KKKKKK!