16 fevereiro 2007

Eu te amo ?

"O anel que tu me deste,
era vidro e se quebrou.
O amor que tu me tinhas,
era pouco e se acabou."

Blogs são engraçados.
A brincadeira é a seguinte : pessoas ficam se visitando virtualmente e deixando recados. Só isso.
Não importa o assunto, qualquer coisa serve - o que interessa é sair visitando e deixando algum comentário, um alô, uma mensagem fofa - ou dezenas delas.
Alguém faz uma rima, um poeminha, dá um espirro, funga e lá estão os comentários entusiasmados e comovidos:
“- Uau! Lindo texto!”, “- Puxa, quanto talento!” ou “- Que maravilha, que emoção!” (geralmente nem leram).
E também não são raros os: ”- Te amoooo!”
Incrível, não é ? Eu fico besta.
Alguém que faça juras de amor assim a torto e a direito, ainda mais para pessoas totalmente desconhecidas pode ser levado a sério ? Pode ou não pode ?
Quem ama todo mundo, não ama ninguém.

Nosso amor é lindo.

39 comentários:

Alziro Patafisico disse...

Claro que pode. Amor virtual também é amor. E como dizia o Milton(ou Caetano?): Qualquer maneira de amor vale a pena, qualquer maneira de amor valerá.

Mônica disse...

Uau! Que talento, JP! Te amoooo!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....vai brigar comigo não, né?

beijos, boi querido

Alziro Patafisico disse...

Claro que pode. Amor virtual também é amor. E como já dizia o Milton(ou foi o Caetano?): Qualquer maneira de amor vale a pena, qualquer maneira de amor valerá.

Linda Carioca disse...

A minha bisavó dizia mais, "quem é amigo de todo mundo não é amigo de ninguém". Velhinha sábia... pena que hoje em dia as pessoas adorem falsidade... já percebeu que pessoas do tipo "amigas de todo mundo" e que " amam todo mundo" são as mais queridas ?
Eu tenho nojo de gente assim....

BJs, tchau !

Leleco disse...

Jôka,

Nesse mundo que vivemos não sabemos onde está a amizade, seja ela virtual ou real. Acho que muitos falam, e poucos sentem de verdade.

Acho que tudo pode ser levado à sério sim. Depende da sinceridade da pessoa, o que é subjetivo...rs

Não sei ser amigo sem ser sincero.

Um abraço, sincero e com amizade,
Leleco

Liliane de Paula disse...

To fora.
Liliane

Liliane de Paula disse...

Jôka, as vezes leio e não comento. Comentar sem ler?
Liliane

Silvia Regina disse...

Oi, Jôka, Eu tava com saudades daqui, dos seus comentários sempre ácidos, mas carregados de verdade, dessa paisagem linda do Rio (seu blog ficou ainda mais colorido durante a minha ausência) e vim avisar que tô corrigindo uma falha imperdoável e colocando o seu link lá no Consulta. Saudações paulistanas e bom carnaval (o que quer que seja um bom carnaval pra vc)!!

Julio Cesar Corrêa disse...

Apesar dos MSN e dos Orkuts da vida, tem gente que realmente insiste em usar os blogs APENAS para fazer o social. É uma pena! Blogs são muito mais que isso.
gd ab e ótimo carnaval

Angela Ursa disse...

Jôka, serve I love you ou Je t´aime? ;)) Eu acredito mais na amizade virtual. Amor é outra história. Beijos floridos!

Luciane disse...

Oi, Jôka P! Tem gente que tem facilidade de amar, né não?
"Mentiras sinceras (lhes) interessam."
Beijo pra ti.

Taia disse...

Nossa, que post inspirado.
O desenho é seu?
Que talento!!!
Jôka, te amoooooooo.....
HAhahahaha
Adoro seus ataques, a-do-ro!
Beijo loiro.

Erika disse...

O que é pior? Quem ama todo mundo ou quem não ama ninguém?
Difícil dizer.


Ótimo feriado.

Beijo

Avassaladora disse...

É Jôka, realmente, a internet banalizou os "Eu te amo" da vida...hehe... mas não quer dizer que não sejam sinceros... alguns pelo menos...hehehe
Ah, e mesmo deixando uns comentários pequenininhos eu leio tudo viu... é que às vezes não tenho imaginação/saco/vontade de escrever.
Beijos,

Yvonne disse...

Jôka, você está coberto de razão, mas eu gosto muito de algumas pessoas que conheço apenas virtualmente. Outras não, mas ainda assim é um grande prazer ler o que elas escrevem. Quando comento é porque geralmente eu gosto do que li.
Você é um blog que eu sempre leio e não porque eu AME ou ADORE você e sim porque eu gosto de sua sutil ironia.
Beijocas e um bom carnaval para você.

Guto Melo disse...

Tem esse lado mesmo. Mas pelo tipo de comentário, dá pra sentir quem interage com o texto e quem só cisca. De qualquer forma, acho fantástico porque o blog, além de permitir uma escrita livre, funciona como registro e ainda possibilita um feedback na lata.

marcello disse...

Olá!
É a primeira vêz que passo por aqui. Já tinha ouvido falar de vc através do blog da Palpiteira (extinto). Acho que vc fêz o lay-out dela, não é?
Visto ser essa minha primeira incurssão aqui creio não me enquadrar no assunto do post né?

a comentarista disse...

Não me senti aludida porque nao faz o meu estilo dizer "eu te amo" pra todo mundo, muito menos em blogs; e nem sou dessas comentaristas que nao lêem os posts, visito blogs pelo conteúdo e nao por amizade. Se aqui ou em outro blog existe algum post que nao me diz nada, nao me interessa, nao comento; também já desisti de comentar posts com críticas negativas, já que ninguém aceita isso, sempre dá briga e nao vale a pena, afinal acho que blog nao deve ser levado tao à sério, acho que sao para distrair, nada mais.

bjs

anna disse...

até hoje morro de medo desse tipo de palhaço carnavalesco.

Ritoca disse...

Oi Jôka!

Vc anda meio amargo ultimamente, hein?!...Todos nós temos nossas fases assim.
A carapuça não me serve pois não sou o tipo de pessoa que comenta sem ler e muito menos o tipo que diz "te amo" para qualquer um. Comento quando tô a fim, quando a pessoa do Blog me inspira com algum assunto ou imagem.
É como diz aqule sábio ditado: cada um dá o que tem.
Beijocas e bom carnaval, ou bom descanso se vc não for cair na folia. Eu vou fugir dela.

Janaina de Almeida disse...

Jôka, meu rei:
eu também fico chateada com alguns comentários chatos e bobos que paparecem lá em meu blog.
você acredita que apareci um lá ó para me corrigir, pode?
Mas também até o tirei da minha lista de links.
ah, me lembrei; gostei dos cartazes, bem feitos, de mutio bom gosto.
um forte abarço para você e tudo de bom,
só voltarei na quarta-feira de cinzas, tenha um bom carnaval,
Janaina de Almeida, Vila Isabel.
p.s.: me desculpe se em meu blog tiver alguns erros, tentarei consertar, ok? Beijos.

Marcia disse...

Jôka meu bem, que será co cê num tem! Só passei aqui pra dizer que ti amooooo

:)

Andréa N. disse...

Jôka, eu te amoooo! :-)
Agora serio (nao que eu nao te ame, hehe) feliz carnaval proce. Conte-nos tudo por aqui, ta bom?
Beijos.

GUGA ALAYON disse...

Jôka, eu me amo. ahahaha

Sonia disse...

Jôka, você sempre surpreendendo! Fazendo a crítica dos blogs e dos blogueiros! Fazendo pensar!
Abraços e um ótimo Carnaval!

Olga disse...

JÔKA!!!!! TI AMUUUUU MUIIIIIITO!!!!!!
:)
Desculpe, não resisti ao surto pré-adolescente...
Estive em suas plagas, no Copa, fazendo uma entrevista.
E torci muito pra encontrá-lo bordejando pela rua... Mas não aconteceu. Beijo!

Jôka P. disse...

Olga,
vir ao Copa e não me ver é como ir à Roma e não ver o Papa.

Angela Ursa disse...

"Se a canoa não virar, olê olê olá, eu chego lá"!! Será que a Ursa chega mesmo a tempo em Copa, nessa canoa, para o carnaval carioca? A fantasia é de tapete. Assim, ninguém vai ligar se a Ursa cair se beber demais :)) Beijos carnavalescos!

Naldy disse...

Ok, então vou dizer : adooooro vir aqui, ler seus posts maravilhosos. E quando visitar o Brasil, quero te ver!!!!
by the way: bom Carnaval!

adelaide do paraná disse...

OBA!
Bom carnaval !

eduardo disse...

Joka, o seu texto reflete as relações decartaveis hoje em dia. Todos se relacionam com todo mundo, mas na relaidade são ausentes. Acredito que a gente tem que selacionar mesmo, ninguém consegue amar todo mundo realmente. Podemos cassificar da seguinte maneiro... 70% são conhecidos, 20% companheiros de curtição ou de coisas em comum, 8% são colegas e 2% são amigos do peito e olha que estou sendo bastante otimista...

Vera Fróes disse...

Jôka, só digo "eu te amo" para o Jacques, minhas filhas, meus pais e algumas pessoas da família. No máximo que digo a algum blogueiro(a) é gosto ou adoro(já disse isso para vc!). Para amar tem que conhecer, conviver. Não sei banalizar os relacionamentos. Quando sou amiga, sou, até de baixo dágua...rssss.

Bjos.

O Peixe disse...

Tem muita gente incapaz de amar alguém na vida real e ai simula um amor virtual. Outras simplesmente são eternos adolecentes (fúteis) e sai metralhando eu te amos para todos os lados.E outros são realmente malucos e acreditam que possasm amar alguem sem conhecer ou conviver.
Aliás a net é um ambiente propício para este tipo de gente.
Em qualquer opção eu sempre desconfio de pessoas assim.

E olha Joka, eu não te amo viu :) eu te gosto :)

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando disse...

Jôka, fui eu Sonia quem fez esse comentário ai em cima. Na hora de clicar veio a conta do Google do Fernando, que é meu filho. Bjs!

Sonia disse...

Voltei aqui Jôka, porque me veio na cabeça que essa mania de dizer "Eu te amo" a troco de qualquer coisa, a três por dois, foi copiado dos filmes americanos. Reparou? É um tal de "Love you" depois qualquer ato banal. Deixa a criança na porta da escola, "Love you", antes de desligar o telefone, "Love you", e assim vai!
Banalização total! Acho que esse americanismo pegou aqui na terrinha. É uma suposição... Abraços

PS: Jôka, me desculpe, baguncei os seus comentários. Entrou de novo o endereço do meu filho, favor deletar esses dois com a assinatura Fernando. Bjs!

Elianne disse...

Jôka, eu tinha uma amiga virtual, que era a melhor amiga, sabe como é- coisa de adolescente, 'amiga de infância'. Estes dias ela me agrediu pra cacete, me feriu do nada. Eu acho que este virtual é mto complicado. Exacerba os sentimentos,para o bem e para o mal. Posso amar alguém loucamente aqui e sem mais nem menos deixar de amar- Que loucura! como diz nossa amiga Narcizinha.
Meu coração partiu, mas eu não vou ficar remoendo, vou seguir em frente.
A gente ama por identificação- eu me identifico então eu te amo, vc é o máximo. Eu não me reconheço em vc, então eu te odeio, vc é um filho da puta. Mais ou menos isto.
E sem ver qualquer coisa vale, eu hein?
Um bj querido.
Elianne, nem consigo assinar com o nome fake :)

Tina disse...

Ai meu rei: eu te prefiro ao vivo. Adorei.

E rimei,gostou? (rs)

beijo querido, e obrigada.

Chris disse...

Eu nao entendo porque se dar ao trabalho de comentar se nao se deram ao trabalho de ler...
Adorei a imagem que vc colocou aí em cima, no layout!