18 julho 2008

Rickshaw carioca

Olha só essa coisa muderna que estava estacionada aqui na esquina da Avenida Copacabana !
Eu nunca tinha visto nada parecido, você já ?
É um taxi triciclo, um novo transporte alternativo que não usa combustível. O design óbviamente é uma versão futurista dos rickshaws, aqueles transportes chineses puxados por mulas humanas.
Quem inventou esse treco deve ter se inspirado no meu filme favorito, o bacanérrimo Blade Runner, de Ridley Scott.

A engenhoca foi um projeto que começou a rolar em Berlin e, não tenho certeza, mas parece que já existe em São Paulo - achei essas informações no site Eco Taxi.
Pensando bem, também lembra muito aquela space ship futurista anos 60 do desenho animado Os Jetsons, né !
Tá na cara que isso não vai prestar, não tem como dar certo no Rio. É todo aberto, muito vulnerável - na verdade vai ser um prato cheio pra pivetes e assaltantes em geral.

15 comentários:

oultimocarioca disse...

Não chamem o Hulk pra dar uma voltinha, please !!

Liliane de Paula disse...

Viu "o babado", "o pregueado" no pescoço da benedita? Parece que só tinha 4 pingados gatos.
Liliane

Mr. cat disse...

Achei até bem bonito esse rickshaw no estilo dos Jetsons mas concordo quanto a não ser nada seguro, afinal passear aqui em Copacabana não é como andar de charrete em Petrópolis.

Linda Carioca disse...

Olá, Jôka, tudo bom ?

Ah, eu achei estranho, tem cara de ser desconfortável... acho que é mais para os turistas mesmo...beijos!

Anônimo disse...

Meu filme fetiche também é Blade Runner totalmente fodastico as músicas do Vangelis o visual tudo é demais. Os andróides sonham com carneiros robôs?

Tia Cris disse...

Vizinho, pensei a mesma coisa: o trocinho é vulnerável demais. Não vai prestar. Pena, porque a intenção é boa.

E já imaginou que porre vai ser essa geringonça atravancando a ciclovia???

bueno disse...

ha ha ha
tenho que rir
velo taxi no rio????
nem em dia de chuva!
beijos

Miguel Andrade disse...

Joká P., mas é tão perigoso assim andar pelo Rio? Eu sempre acho que é exagero da mídia, blablablá...

Jôka P. disse...

Miguel Andrade, aqui não é mais perigoso que outras cidades grandes. Já fui atacado por ciganinhas famintas em Paris, perseguido por punks drogados em New York e molestado sexualmente por lésbicas furiosas em Istambul.

Milady disse...

Olha, pode até não pegar, viu?! mas que a idéia foi interessante isso foi!

beijos

Angela Ursa disse...

Jôka, adorei esse táxi triciclo ecológico. Tomara que dê certo aí em Copa!
PS: Também adoro o filme Blade Runner.
Beijos floridos da Ursa :))

Klero disse...

Quem sai ganhando é o taxista, que fica com as pernas torneadas! rs

Miguel Andrade disse...

Jôka P. seu currículo impressiona. No máximo fui atacado por uma putanesca no paraguai. Depois fiquei dias com pena pelo tratamento que lhe dei... Esse coração mole ainda acaba comigo!

Raffer disse...

Jôka, qdo morava na Barra, tinha uns desses "eco-taxis" no meu condomínio. Realmente não é muito funcional, mas até que conseguiam trasnportar alguns idosos q iam de seus apartamentos até o Zona Sul fazer compras... E só. Nada além disso...rs

abração.

Chris Pessoa disse...

É... também acho que não tem como dar muito certo no Rio. Que pena! :-(
Bjo!