03 julho 2009

COPACABANA em quadrinhos

A julgar pelo que é apresentado no livro de história em quadrinhos “COPACABANA” (Ed. Desiderata), escrito por Lobo e ilustrado por Odyr, o famoso bairro, e uma das praias mais visitadas do planeta não passam de um lamentável amontoado de poluição e lixo - um cenário imundo povoado basicamente por putas decadentes, vigaristas, encrenqueiros, traficantes e outros tantos seres escrotos em geral.


Na Copacabana amarga e nojenta que aparece no livro dos dois autores gaúchos não há espaço para cariocas gente boa ou paisagens ensolaradas. Lá (aqui ?) tudo é sinistro, horripilante, de uma escuridão broxante, depressiva e vampiresca. Praticamente uma Transilvânia.

Até aí tudo bem, afinal está na moda malhar o Rio de Janeiro (principalmente por quem não é carioca).
Mas o que se pode esperar de uma longa história em quadrinhos com mais de duzentas páginas ? Desenhos bem feitos e um roteiro bacana, o que infelizmente não acontece aqui. Ao contrário, os desenhos são feios e toscos. Fica muito difícil, praticamente impossível identificar e diferenciar os personagens - e até mesmo compreender a própria história, bastante confusa.

Se você quiser formar a sua própria opinião, então beleza. Compre o livro pelo site
Copacabana em Quadrinhos.
Há quem acredite que gosto não se discute. Compre, leia e julgue você mesmo. Mas depois não diga que eu não avisei.




22 comentários:

aninha disse...

putz, depois a gente reclama que quem exagera no estereótipo são os gringos.
péssimo.

Caricaturas Urbanoides disse...

Lixo mesmo!!! E costumo dizer para as pessoas que não conhecem o Rio que aqui é violento sim, como todos os lugares do mundo hoje em dia, mas turista quando vem para o Brasil, não vai visitar certos lugares e sim o Rio, Portanto, Dá licença e me dá meu passaporte que sou carioca com muito orgulho, sim senhor!!!

Ritoca disse...

Jôka,

Eu passo. Prefiro nem ver. Confio na sua opinião.

Ótimo finde para vc.

Abs!

Gená disse...

Jôka,
depois da postagem bonita veio esta: em preto e branco, sombria, não combinou nem com o seu blog e nem com Copacabana. Nao vou ler essa história.
Beijos!

Rafa-RJ disse...

Jôka, alguém tem que dizer a verdade! Como alguém pode publicar uma coisa assim tão ruim e acreditar que alguém vai gostar? Isso me fez lembrar daquelas histórias em quadrinhos amadoras que a gente fazia quando estava na escola para fazer fotocópias e vender no recreio. Mas até naqueles casos o resultado era bem melhor e mais profissional.

dudu disse...

Eu acho que em todo lugar há o bem e o mal. Copacabana é cosmopolita; é bela e ao mesmo tempo problemas. Enfim, todo lugar tem o seu submundo.

Danilo disse...

Não, obrigado.

Janaina disse...

Nem disponível para empréstimo na biblioteca, Jôka.Já basta que eu pego livros emprestados na biblioteca e fora os que compro e leio...
Boa dica sobre "O Anjo Pornográfico",tem lá na biblioteca.Beijos.

A Vizinha Entocada em Casa disse...

Vizinhooooo, 200 páginas de desenhos toscos? Eu é que não vou gastar meu $$ pra ler isso.

A programação do Roxy não tá ajudando, né? Há duas semanas que estão em cartaz: Transformers, Era do Gelo 3, A Luana Piovani Invisível e Jean Charles. o.O

Luciana Santos disse...

Jôka, vc já falou tudo. Eu é que não gasto dinheiro para conferir uma produção tosca como essa.

bueno disse...

Jo, voce está muito bem informado em relacao à segunda temporada. Nao vou contar nada, mas o que voce disse acontece. Só que o Lafayette nao morre. Quase se vai, mas nao. Gostaria de ler os livros (sempre gosto mais dos livros). O problema de toda série é que depois de um tempo elas ficam meio "cansadas". Ontem tomei pela primeira vez uma garrafinha de true blood O positivo. Coca-cola ainda é muito melhor.

bueno disse...

Ah, quanto aos desenhos gaúchos, nao parecem muito interessantes. Tentam copiar uma estética Guido Crepax, mas deixam muito à desejar. E para responder um dos comentários aí em cima, o mundo nao é perigoso em todos os lugares. O crime acontece, sim, mas o Rio é um dos lugares de maior ocorrencia. Assusta turista, sim! Infelizmente.

tertulías disse...

...no comments! Ah sim, comments sim... estao esquecendo da Copacabana das Senhoras de idade, da Colombo do Forte, dos artistas, da alta sociedade? Claro que exitem baixarias também... mas aonde nao? Muito "radical" dizer que Copacabana é so este lixo... Mas - entre nous - nao foi sempre assim? Quero dizer, nao existou sempre esta inveja do Carioca de Copacabana nos outros estados do Brasil?????? Pena nao poder tocar a musiquinha do Dussek aqui... "Mercedinho repleto de Vips... " Conhece???

Angela Ursa disse...

Jôka, também não gostei dos desenhos, nem do enredo. Só mostra mesmo esse velho chavão que fazem do Rio como lugar de prostituição, marginalidade etc. Beijos da Ursa

DO disse...

A vida já é dura na realidade pra ficar gastando dinheiro com coisas toscas e mal feitas.
Tô fora!!

Abração!!

Opash disse...

Are baba! Isto não é auspicioso!

Lu Toledo disse...

Quanto ao livro, não há dúvidas, mas devo dizer que gostei muito de Quem quer ser um milionário.

Janaina disse...

Jôka, agora que observei melhor a última imagem,eles desenharam mal e porcamente o Copacabana Palace,um horror.As frases, as gírias(cantar no microfone, are baba!).Não é auspicioso...
Copacabana não tem só esse povo.Tem a terceira idade(onde se localiza a Delegacia para a Terceira Idade que infelizmente está sempre lotada,Jôka...).Um absurdo.Em Copabana há pessoas ilustres,maravilhosas que fizeram e fazem história como ...Você, a Ana de Toledo, e toda a sua família.
Falar mal de Copacabana para quê?Beijos.

Anderson disse...

Detesto estereótipos, detesto julgamentos e jamais falo mal de onde nunca fui pessoalmente.
Mas a imagem que faço de Copacabana é totalmente diferente. Idealizei uma imagem mais glamourosa!
Excelente semana!

Diz disse...

Eu detesto estas pessoas que querem se dar bem esculhambando algo- que desenho horroroso! pesado, estes caras devem ter ficado em Copa udigrudi, meio de putas, drogados e sem ver o sol.
Adorei o casal no bando da praia enrolado na canga, isto é copacabana, as bundas...
bjs laura

Mari disse...

Pra que ver, meu Jôka P. Gaultier??
Se vc disse, tá mais que dito!
Eles devem ter ouvido umas músicas da obra 'pradojunesca' de Fausto Fawcett, achado que conhecem o Rio, são nativos de Copa e feito uns quadrinhos a base de muito chimarrão, tché!

Engraçadinha disse...

Pois é, eu não conheço ainda, mas vc tá certo qdo diz q a gente tem ver.
Bj.