20 outubro 2011

Me beija, gostoso!


Nem tudo está perdido! Uma revista hétero fez algo que nem publicações gays no Brasil ousaram: um beijo caliente entre dois gostosões na capa, com direito à mão na bunda, uau! "Heteros, homo, bissexuais...por que as definições nunca vão conseguir explicar nossa sexualidade?"  
Parabéns pra Revista Trip, que foca a diversidade sexual na edição de outubro! Adoro.

4 comentários:

Engraçadinha disse...

Cara, eu sou de acordo com a queda da hipocrisia e pela não-discriminação do que não é maioria.
Eu crio meus filhos para aceitarem a diversidade.
Sexualidade é algo muito particular para ser imposto. Mas não nego que um beijo entre iguais ainda me tira o fôlego.
Sei lá... dá uma vontade de entrar no meio (só qdo se tratam de homens, no meu caso)... sou assanhada?

Jôka P. disse...

SIM! Assanhada e engraçadinha.
;-P

Engraçadinha disse...

Kkkkkkkk.

Anônimo disse...

Ser capaz de se entregar inteiro e completamente a uma outra pessoa é a melhor coisa da vida. O amor verdadeiro começa aí, nessa entrega incondicional. A vida pessoal só vale a pena quando se acredita na dependência mútua. O que eu não vejo são obstáculos na união de corações sinceros. Não é joguete do tempo, embora a carne sofra o peso de sua foice. Se isso for falso e provado também, eu não escrevi, e nunca se amou ninguém. Sou um cara BI, curto homens e mulheres. E não vejo o por quê em criticar duas pessoas que se amam. Essas pessoas que gostam de criticar os outros são pessoas derrotadas e mal amadas, que ainda vivem lá no tempo de Jesus Cristo. HAHAHAHAHAHA. OK, meu recado tá dado. MSN> gil.pr.2011@hotmail.com