24 julho 2005

Drummond em Copacabana

Foto : Zahar
Carlos Drummond de Andrade, nosso grande poeta mineiro, tem uma estátua em sua homenagem na Av. Atlântica.
Está sentado em um banco no final da praia de Copacabana, no Posto Seis, perto do Clube dos Pescadores, com os seus óculos.
Sábio, pensador e contemplativo.
É exatamente nesse lugar onde o escritor mais gostava de ficar nos finais de tarde.
E é lá que ele ficará, nosso velho amigo.
Perto de todos nós.

Todos nós cariocas já nos habituamos a ter Carlos Drummond como companheiro de nossas caminhadas na beira da praia.

Muitas vezes aproveitamos para tirar uma foto, sentados ao lado do poeta.

No meio do caminho não haverá uma pedra.

Não haverá mais nenhuma pedra no meio do caminho.

Carlos já se integrou à paisagem.

" Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra disse:

Vai, Carlos! vai ser gauche na vida. "



" Mundo mundo vasto mundo
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.

Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração. "


Carlos Drummond de Andrade

(1902-1987)

16 comentários:

Laura disse...

Que foto mais linda! Acho que de todas que voce tem postado, gosto mais desta!

Diana disse...

"O mundo é grande e cabe
nesta janela sobre o mar...."
Acho que era essa a janela que ele queria....
Bjs......

Angela Ursa disse...

Amigo Jôka, uma das minhas frustrações cariocas é ainda não ter visto ao vivo essa estátua do Carlos Drummond. Achei uma idéia fantástica essa estátua do poeta em tamanho natural sentada em um banco da praia de Copacabana. Que linda homenagem! Beijos dominicais da Dona Ursa

Ivana Arruda Leite disse...

Vir aqui é sentir a brisa do mar. Você serena minha alma. Um beijo, Ivana

Jôka P. disse...

Laurinha,
Lady Diana,
Dona Ursa,
DoidIvana,
obrigado pelas palavras e
um ótimo domingo pra vocês.

Vou dar uma caminhada na praia...

SSSSSSS !
:o)
JÔKA P.

Diana disse...

Bom dia Sir JôKa.....

Vou dar uma caminhada...na cozinha...rsrsrs
Bjs.....

Ana Maria disse...

Eu acho muito bem feita essa estátua do Drummond. A postura, as feições, o olhar - tudo lembra o poeta.

enigmatica disse...

Olá.Passando de novo,gostei muito de teu Blog...
Mas achei genial a idéia de colocar
a estátua dele neste banco perto da praia,,,foi muito expressiva esta homenagem.
Aqui em Campinas temos Carlos Gomes,está num jardim,numa praça
chamada Carlos Gomes..
Gostaria muito de ter a honra de tu ir
dar teu aval ao meu Blog,...
http://souenigmática.zip.net/

Desculpe-me..pela propaganda...
Bjus/.
Posso te linkar?

Amada Mi!!! disse...

Seu blog é verdadeiro tur pelo Rio! Pela arte! Pela vida! Amei a Cynd, ela é linda! Parece com a minha Fifi. Com carinho...

Lena disse...

Jôka, com o frio que está aqui, deu uma baita vontade de ficar aí perto de Drummond, ainda que só da estátua, apreciando esse marzão maravilhoso. Bjo e bom domingo!

Diana disse...

SIR JÔKA

O CRISTO DO TARDE ESTÁ NA SERRA DA CANASTRA....
BJS.....

Jôka P. disse...

Lady Diana,
Ana Maria,
Enigmática,
Amada Mi Erótica,
Lena e seu estranho mundo,
foi ótimo ver vocês aqui esse domingo. Obrigado pela visita.
Beijos,
JÔKA P.

Lia Noronha disse...

Jôka: qu elinda homenagem fizeste para o nosso poeta imortal.Esse calçadão fazia mesmo parte do cotidiano dele.
Adorei td na Avenida hj.
Beijos carinhosos.

Palpiteira disse...

Gostei disso tudo que encontrei aqui hoje. Muito poético. Melhor, muito melhor, do que política. Tens razão.
Beijos e boa segunda.

Henrique Luna (Rico) disse...

Dá até vontade de sentar junto e levar uns papos: Carlão, meu velho... é cada pedra no caminho que vou te contar...

Abração, Jôka!

ANTONIO CABRAL FILHO disse...

Só posso dizer PARABENS!! Antonio Cabral Filho Jacarepagua http://letrastaquarenses.blogspot.com.br