01 abril 2008

Bette Davis Eyes

Quando eu estava fotografando a entrada do Copacabana Palace Flores pro post abaixo, a dona da loja saiu fazendo pose de xícara (as duas mãos na cintura) e me perguntou, muito antipática: “Está fotografando pra quê, hein ? Posso saber ?”
Nhé-nhé-nhé !
Ela estava acompanhada de um segurança truculento com cara de pouquíssimos amigos.
Embora eu não tivesse gostado nem um pingo do tom de voz daquela mulher que tinha duas meia-luas de suor debaixo dos seios imensos, respondi: “- Pra nada, fotografo porque gosto. Só isso.”
Francamente, eu nem tinha a mínima obrigação de dar satisfações pra aquela gente esquisita.
A rua é pública, até onde eu saiba.
Sempre fiz fotos de tudo aqui em Copacabana, e nunca ninguém ficou grilado ou reclamou comigo, Cacilda !

A tal fulana e o homem-pittbull ficaram ali parados, rangendo os dentes, com a cara péssima e uma energia pior ainda.
Olhei pros dois com o meu olhar mais fulminante, que sempre vem acompanhado de uma maldição-vudú que atinge até a sétima geração da pessoa que me agrediu.
É batata.
Saí de lá com a certeza absoluta de que boa coisa não ia acontecer com aquele povo.


Acabei de voltar da floricultura, e o lugar que existia há, sei lá, uns 20 anos no mínimo, fechou. FE-CHOU ! Baixou as grades, a loja está vazia, faliu. Babau !
Um funcionário do hotel me garantiu de fonte segura que viu a dona da loja vagando de madrugada pelas ruas, gemendo, chorando e falando sozinha.
Então devem ter sido dela os gritos enlouquecidos que ouvi na noite passada.
Ganidos aflitos e terríveis, que mais pareciam uivos de uma loba faminta.


Fotos - Jôka P.

36 comentários:

Cristiano GO disse...

Uau !! Jôka.
Fico entrestecido quando me deparo com gente louca que sai gritando por coisas como me ver passeado com meus cachorros pela rua e mesmo sem vestígio de fezes caninas... sai gritando maldições e ameaças...
Também sinto a energia negativa destas pessoas e fico imaginando de onde vem tanto mal... ou melhor o quanto estas pessoas são mal amadas e mal "vividas" e "comidas"...
Me diverti muito com seu post... senti na pele... e me impressionei com o final da história que mas parece um conto bom sobre o bem vencer o mal...
Adoro muito este blog.
Beijo grande
Cristiano

Cristiano GO disse...

Errata: intristecido

Jôka P. disse...

Cristiano GO,
a ortografia não tem importância.
Os sentimentos e a intenções, sim.
Obrigado por suas visitas e mensagens.
Você é muito bem-vindo e querido aqui.

ana de toledo disse...

20 anos?? Bota 20 nisso! Tá lá desde que eu nasci!!
E avisa ao Cristiano que é Entristecido mesmo, como ele havia escrito inicialmente.

Cris disse...

Uia!

Polly disse...

queria ter esta coragem de sair fotografando tudo e todos e queria ter este poder de lançar olhares ferinos com efeitos malignos até a ultima geraçao kkkkkkkkkkkkkkkkkk

DO disse...

Eita nóis,hehhe. Que será que aconteceu,JÔKA. Fiquei curioso agora. Será que ,sem querer,vc obrigou-a a fechar um negócio escuso. Afinal,nunca vi floricultura precisar de segurança. Se vc descobrir, avise aqui.
Ah,quisera eu perder a timidez e sair fotografando.

abração!!

Anônimo disse...

Nossa!!! Será que posso lhe contratar para fotografar umas coisinhas aqui no meu bairro? ehehhehe
Adoro vir aqui, vc aquieta minha alma.
Vida longa para vc!

Fictícia disse...

kkkkkkkkk ! Cara, eu tbém tenho esse olhar !!!!! E depois vc diz que não é engraçado !! Agora falando sério !! Acho que a loja fechou porque acharam que vc era um repórter disfarçado e que tinha descobrido que ali havia mó muambagem !!!!!! Beijo!!!!!!!

Sonho Meu disse...

Ah Joka eu conhecia essa floricultura(quando morava aí)...fica atras do Copacabana Pálace???
Vixe...seu olhar feroz é pior que praga de urubú.
bjokas,
me

Lu Olhosde Mar disse...

ui, q meda...rss. como as pessoas sao armadas nao é?? um super beijo, mil tiros de flores em vc, na gigi e na cindy!

Davi Arloy disse...

HSUAIHSAUHSA

Joka desgraçou mentalmente a vida da mulher gnt!

Cristiano GO disse...

Obrigado !!!!

Mr. Cat disse...

Não ouviu os meus miados essa noite debaixo da sua janela?

Avassaladora disse...

E cada dia mais eu agradeço por ser sua amiga!!!!

Chris Pessoa disse...

Nossa, Jôka! Ainda bem que sou sua amiga, né? :-))))
Eu já recebi muita reclamação por estar fotografando... então agora tomo cuidado. Mas eu não vejo nada demais... povo chato! :-)))

Anônimo disse...

Tenho visitado seu blog justamente por conta das fotos que são lindas e eu adoro o RJ. Conitnue nos proporcionando tantas fotos maravilhosas como as suas.

Ritoca disse...

Affffffffe!

Que coisa, hein?.....

É impressionante!...

Tem também a hipótese da mulher estar devendo à Deus e o Mundo e pensar que vc fosse um agente cobrador. Os negócios já deviam ir bem mal, né? Ainda mais com o jeitão simpático deles que vc tão bem descreveu.

Abs,

Ikki disse...

me lembrar de nunca, jamais, se eu cruzar com você fazer cara feia, para nunca ganhar um destes olhares com essa maldição-vudú!

Silvia disse...

afeee, que meeedooo!!

luzdeluma disse...

JôKa, se eles estavam com o nome sujo na praça, com certeza pensaram que você era um investigador, detetive, reporter policial, fotográfico ou qualquer coisa desse tipo.
Ou quem sabe escondiam algo dentro da loja? :=))) Beijus, luma

Engraçadinha disse...

Caraca...
A gente está precisando tomar um chopp!

Liliane de Paula disse...

Jôka, tenho uma pena danada qdo uma loja fecha. Nem quero saber o motivo. Parece que tiram um pedaço de mim. E deve tirar mesmo.
Liliane

Paçoca disse...

Pois é estamos mal mesmo, se uma florista age desta forma provavelmente a loja fechou porque as flores murchavam com o mau humor deles!!! Com certeza não deve ter sido seu olhar maligno.
O seu bom humor parece inabalável mesmo que por instantes seja necessário lançar um olhar fulminante para alguém. Um beijo da paçoca

M. disse...

Maldição de JÔka - fantasminha camarada - pega, ui,ui...
Vai ver ela faliu justamente pela energia ruim que transmitia, credo!
dia lindo meu querido com carinho em Gigi
beijos

eduardo disse...

Quero ser ser amigo... que história( real)... dava para fazer um filme.

Alberto Pereira Jr. disse...

hehehe a maldição pegou

:)

Angela Ursa disse...

Jôka, isso parece um conto de mistério :)) Gostei do seu olhar poderoso e fulminante para a dona da loja antipática e o segurança! Beijos da Ursa

Milady disse...

medo... rsrsrsrsrr muito medo!!!!!

beijos

Tina disse...

Nooossa! Essa foi fundo...

beijos,

Mônica disse...

espero que vc nunca me rogue uma praga.....

Marcia disse...

Jôka quero morrer sua amiguxa, ok? :)

a atendente disse...

se você eu fosse, teria respondido só o 'nhé nhé nhé'.

Jôka P. disse...

Nhé!
;)

Janaina Staciarini disse...

Hhahahahah!
Vem dar uma voltinha aqui em Goiânia, ando precisando de uns vodus express assim...

Anunciação disse...

ADOREI!Bem feito!